GuiaBolso: suas finanças organizadas em 2 minutos Começar.
Mais Posts

Qual o melhor banco para financiar um veículo?

shutterstock_145140499Está cada vez mais fácil realizar o sonho do carro novo, isso porque bancos e operadoras financeiras do Brasil inteiro estão oferecendo financiamentos para diferentes perfis de clientes. Para se ter uma ideia, só no primeiro semestre de 2013, em comparação ao mesmo período do ano anterior, houve um aumento significativo de 23% no número de  veículos financiados.

Com o crescimento da oferta e da procura, aumentam também as chances de não avaliar os prós e os contras desse tipo de aquisição, acabar comprando por impulso e no final das contas, não conseguir arcar com o valor das parcelas. Para evitar que isso aconteça, o GuiaBolso.com preparou algumas dicas para você que deseja fazer um financiamento consciente e, acima de tudo, vantajoso.

 

Como funciona o financiamento de automóveis?

O financiamento de carros novos e usados pode ser realizado por instituições privadas ou públicas. Ele é um tipo de operação financeira que consiste no financiador (banco ou operadora) fornecer recursos para uma pessoa (física ou jurídica) adquirir um bem.

No caso do financiamento de automóveis, a metodologia utilizada pode ser o Leasing  ou CDC. O CDC é o Crédito Direto ao Consumidor e hoje é o sistema mais popular entre os brasileiros, correspondendo a 77,8% dos financiamentos no último ano. O Leasing (Arrendamento Mercantil) fica com os 22,2% restantes, mas também apresenta muitas vantagens.

Leia também: “Vale a pena fazer um consórcio para comprar um carro?”

 

Quanto da renda posso destinar ao financiamento?

Economistas recomendam que o comprador não comprometa mais do 30% da sua renda com esse tipo de compra. Em média, o brasileiro gasta 60% do que ganha com alimentação, habilitação, educação, energia elétrica, transporte, telefone, saúde e higiene pessoal. Além dessas despesas fixas, é necessário reservar 10% da renda para gastos emergenciais. Sendo assim, 30% é o que resta para aquisições financiadas e os juros devem estar embutidos nessa conta. Entendido?

 

Como escolher o melhor banco para financiar?

A bem da verdade, os bancos são muito parecidos em termos de financiamento. Tanto as condições de parcelamento quanto as taxas de juros e requisitos burocráticos são bastante similares. De acordo com o Banco Central, os juros mensais praticados pelos principais bancos brasileiros variam entre 1,32% e 1,62%. Diferença muito pequena, não? No topo da lista aparece a Caixa Econômica (1,32%), seguida pelo Itaú (1,38%), Banco do Brasil S/A (1,40%), HSBC (1,42%), Santander (1,55%). No comparativo anual, as taxas vão de 17,2% a 21,33%.

 

Todo financiamento apresenta vantagens e desvantagens, então a melhor opção antes de escolher uma instituição financeira, é realmente pesquisar e avaliar todas as condições. Compare não só as taxas, mas também as facilidades oferecidas e as exigências feitas por cada banco. Cogite também a possibilidade de financiar através das operadoras financeiras das próprias concessionárias, pois as taxas costumam ser bem diferenciadas. Só tem um detalhe: a entrada exigida é sempre maior do que as dos bancos.

 Independentemente da sua escolha, sempre leia todas as cláusulas do contrato, leve em consideração a depreciação do automóvel e fique atento a todos os gastos extras. No mais, continue de olho nas nossas dicas e tenha muito sucesso no seu financiamento! Volte para nos contar se tudo correu bem.

Já conhece o novo GuiaBolso? Acesse GuiaBolso.com, seu controle financeiro + inteligente.

Comente!

comentários

 
 
 
Mais Posts