Santander reduz juros de parcelamento no cartão até o fim do ano

corte-de-juros-banco-santander

Esta semana, as notícias divugaram: já faz um certo tempo que o governo brasileiro vem estudando maneiras de aplicar um corte nos juros dos cartões de crédito. Todo mundo sabe o que acontece quando se parcela compras cartão: o valor dos pagamentos mensais vai crescendo. O aumento de valor acontece de acordo com uma certa taxa de juros, em geral, bem alta. É por isto que o Banco Santander, depois do Banco Bradesco S/A e do Itaú Unibanco, resolveu aplicar o corte nos juros sugeridos pelo governo.

Isto significa que os parcelamentos até 24 meses nas compras efetuadas com cartão de crédito terão uma redução significativa da taxa de juros, isto é, de 3,95% por cento ao mês para 0,90%.

 

Desta maneira, o consumidor poderá continuar comprando em prazos mais longos do que os oferecidos diretamente pelas lojas. Com este corte de juros, uma compra no valor de R$ 100, por exemplo, parcelada em 10 vezes, terá um aumento de R$ 0,90 sobre o valor da parcela a cada mês.

Porém, fique atento: esta mudança é válida somente de 15 de outubro até o fim do ano e vale somente para compras parceladas, mas não para parcelamento da dívida no chamado crédito rotativo no cartão. Informe-se junto à sua administradora para obter mais informações.

As notícias também informam que os bancos Banco Bradesco S/A e Itaú Unibanco comprometeram-se a efetuar um corte nos juros, não permitindo que os pagamentos mensais de compras parceladas no cartão sejam reajustadas sob taxas de mais de 1 dígito. Os bancos privados têm sido pressionados pela presidente Dilma e pelo Ministro da Fazenda Guido Mantega, que afirmaram estarem preocupados com os cartões de crédito. O debate entre representantes do governo e as administradoras têm sido acirrado, pois, segundo Mantega, as taxas cobradas até então eram “escorchantes”.

Comentários

comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *