Compras coletivas: Economia ou gasto adicional?

compras-coletivas

As compras coletivas são a febre do momento! Vários sites do ramo oferecem descontos de até 80% para uma grande variedade de serviços: de viagens a vouchers para atividades de entretenimento e idas a restaurantes.

Porém, nem sempre adquirir cupons garante que você esteja fazendo um bom negócio. Mas, sabendo pesquisar e comprando o que é necessário você não gera despesas adicionais. Portanto, é importante ponderar cada escolha, afinal, dinheiro não cai do céu.

Quer saber quando as compras coletivas podem ser um gasto ou uma economia? Confira a seguir!

compras-coletivas

Ofertas para fisgar o consumidor

O mercado das compras coletivas age principalmente diante do impulso do consumidor. Espera-se que a pessoa, maravilhada com o desconto oferecido, compre um produto ou serviço dentro das poucas horas de duração daquela oferta. Não há muito tempo para planejar, pois geralmente os cupons ficam disponíveis apenas por algumas horas.

Quando a compra coletiva é um gasto desnecessário

As estratégias desses sites para laçar o consumidor são inúmeras e velhas conhecidas. Atraídas pelas ofertas e enormes descontos, as pessoas acabam comprando produtos e serviços de que não precisavam e podem acabar comprometendo seu planejamento financeiro.

Ofertas de roupas, acessórios, serviços de beleza, massagens, refeições, viagens, produtos dos mais diversos, com descontos que chegam até 90% podem parecer uma vantagem e tanto à primeira vista. Mas você pode acabar gastando mais do que pode na vontade de aproveitar essas ofertas. Assim, antes de clicar em comprar, pense se aquele gasto é um impulso e se aquela compra cabe no seu orçamento. É preciso saber resistir ao que não se encaixa na sua planilha de gastos pessoais, mesmo que você esteja ignorando um enorme desconto.

Aproveite as oportunidades

Por outro lado, caso a compra daquele item conste nos seus planos, os descontos oferecidos poderão ser realmente atraentes e você pode aproveitá-los. Mas é preciso saber a diferença entre o impulso e a oportunidade. E aqui, o planejamento financeiro pode te ajudar a saber qual é a diferença.

Com as contas pessoais organizadas, você é capaz de distinguir o que cabe e o que não cabe no seu orçamento. Planejar seus gastos a médio e longo prazo te ajuda a aproveitar as ofertas que estão à disposição. Os sites de compras coletivas podem oferecer até mesmo uma pintura de parede com um desconto de 50%. E, caso você planeje pintar sua casa, pode estar aí uma ótima oportunidade de economizar.

Na hora de comprar, leve em consideração ainda o que implica aquela compra. Se você comprar o cupom para ir a um restaurante, por exemplo, lembre-se que muitas vezes a bebida não é inclusa e há o pagamento dos 10% para o garçom, sem contar gastos com deslocamento e estacionamento. No final, pode ser que o valor pago não seja tão barato assim.

Além disso, é muito importante comparar preços, saber se a oferta está realmente abaixo e se o que é oferecido tem qualidade.

Por último, fique de olho na validade dos seus cupons!

Saiba quando gastar

É preciso saber usar as compras coletivas a seu favor. Ciente das estratégias para impulsionar o consumo, você pode analisar com mais parcimônia e perceber se aquela compra seria um impulso ou uma oportunidade. O hábito de planejar sua vida financeira pode te ajudar a distinguir entre um e outro e não ficar em apuros por causa de tantos descontos imperdíveis.

Comentários

comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *