GuiaBolso: suas finanças organizadas em 2 minutos Começar.
 

Você conhece a regra dos 50-15-35?

620x100-gradiente

regra dos 50-15-35

A grande dúvida de muitas pessoas que querem controlar melhor suas finanças é como fazer os gastos caberem dentro da renda mensal. Essa não é mesmo uma tarefa fácil, já que as necessidades e tentações de consumo estão por todos os lados.

Para resolver esse problema, a dica do cofundador do GuiaBolso, Thiago Alvarez, é criar metas para o orçamento mensal. Assim, você tem mais clareza do quanto pode gastar em cada despesa para conseguir atingir seus dois primeiros objetivos financeiros:

  1. Parar de fechar o mês no vermelho;

  2. Começar a guardar dinheiro.

Existem diversas formas de organizar essas metas. Uma delas é aplicar a regra dos 50-15-35. Você já ouviu falar nela?

A boa notícia é que a regra dos 50-15-35 funciona de forma muito simples. A partir de agora, na hora de destinar sua renda para suas despesas mensais, você passará a considerar três grandes grupos:

50% para gastos essenciais:

Os gastos essenciais englobam todos as despesas necessárias para você se manter no dia-a-dia: moradia, educação, saúde, transporte e alimentação são exemplos. Logo, entram nessa categoria gastos como: aluguel, conta de luz, gás, telefone, escola, passagem de ônibus, gasolina, aula de inglês, convênio médico, remédios, terapia, feira e supermercado.

15% para prioridades financeiras:

Há duas possibilidades para suas prioridades financeiras, dependendo de como está sua situação financeira:

1. Se você está endividado: sua prioridade financeira será quitar suas dívidas. Vale lembrar que dependendo da gravidade da sua situação financeira, talvez seja necessário comprometer mais do que 15% da renda para resolvê-la. Nesse caso, você terá que compensar cortando gastos nos dois demais grupos: estilo de vida (falaremos dele em seguida) e gastos essenciais (apesar de haver menor margem de corte, sempre é possível economizar na conta de celular e supermercado). Considere pegar um empréstimo em uma instituição que cobre juros baixos, como o Just, caso esteja enrolado em créditos caros como o cheque especial.

Leia mais: Como sair das dívidas?

Leia também: 50 dicas para aprender como economizar dinheiro

2. Se você não está endividado: sua prioridade financeira será poupar parte da sua renda para conquistar seus objetivos de médio e longo prazo. Guardando 15% da renda por mês, seu primeiro objetivo financeiro deve ser construir uma reserva de emergência de três a seis salários, para que você se proteja dos momentos de incerteza da vida e não tenha que recorrer ao cheque especial cada vez que se deparar com um gasto inesperado.

Leia mais: Como poupar dinheiro em cinco passos

Leia também: O que considerar ao criar sua reserva financeira?

 

35% para manter seu estilo de vida:

Com os gastos essenciais em ordem e as prioridades financeiras garantidas, você está livre para usar o dinheiro com o que te dá prazer. As despesas relacionadas a seu estilo de vida são todas aquelas que não são essenciais (ou seja, podem ser cortadas em um momento de aperto), mas são importantes para que você se divirta e aproveite a vida: bares e restaurantes, balada, academia, salão de beleza, viagens, tv a cabo, assinatura de revistas e compras no shopping são exemplos.

O grande segredo é entender que as despesas relacionadas ao estilo de vida devem vir DEPOIS de você já ter cuidado dos seus gastos essenciais e das suas prioridades financeiras. Nessa situação, você está livre para gastar sem culpa nenhuma.

 

Quer ajuda para aplicar a regra dos 50-15-35?

O GuiaBolso foi pensado, desde o início, com base na regra dos 50-15-35. Além de puxar todas as suas movimentações na conta corrente e no cartão de crédito em menos de dois minutos e categorizá-las automaticamente, a ferramenta de controle financeiro permite que você construa um planejamento mensal, criando metas para cada uma das suas despesas.

Além disso, o GuiaBolso te ajuda a acompanhar seu desempenho para que você não precise esperar até o final do mês para perceber que gastou demais em determinada categoria. Assim fica bem mais fácil de controlar as finanças.

620x100-foto

Leia também:

– Compare 5 opções de empréstimo pessoal online
 As 4 melhores planilhas de gastos pessoais para o seu dinheiro
 50 dicas para aprender como economizar dinheiro
 Planilha de gastos no Excel ou controle financeiro online?
 Planilha de gastos mensais: como fazer?

Comente!

comentários

 
 

Eduardo Artur comentou:

Essa vou experimentar, obrigado por mais esta guiabolso!

18/06/2014, 22:25

Renato Augusto comentou:

Realmente esse aplicativo nos ajuda bastante a controlar as despesas, está sem muito útil para mim e espero que possa ser também para vocês.

14/11/2014, 08:33

Katia Fahl comentou:

Obrigado por compartilhar conosco sua experiência! Estou usando o Guiabolso à 2meses e estou achando muito prático e fácil. Obrigado e sucesso!

14/11/2014, 10:45

Aline Lacerda comentou:

Dúvida: Animais de estimação (tenho 2 gatos) entrariam em Essencial ou Estilo de Vida?

15/11/2014, 15:34

    GuiaBolso comentou:

    Olá, Aline!

    Depende muito da forma como você encara essas despesas. Pessoas que gostam muito de animais provavelmente vão incluir suas despesas em Gastos essenciais (fundamental para se manter no dia-a-dia), embora algumas possam considerar que ter um animal de estimação é uma escolha de estilo de vida (gastos importantes para nossa qualidade de vida, mas que podem ser cortados em caso de necessidade). É importante lembrar que não existe um caminho único na aplicação dessas regras. Existe alguma uma margem de flexibilidade para conseguirmos adaptá-las em nosso dia-a-dia.

    Agradecemos seu comentário. Escreva sempre!

    18/11/2014, 14:00

Emerson Camargo comentou:

Eu tenho que apresentar senha do internet bank, até onde isso é seguro? Os administradores tem acesso aos dados de minha conta? Quem mais tem acesso além de mim?

08/02/2015, 18:41

    GuiaBolso comentou:

    Oi, Emerson!
    O GuiaBolso é 100% seguro. Usamos a mesma segurança dos grandes bancos e codificamos todos os dados recebidos. Nós não temos acesso a nenhum dos seus dados . Só você pode ver suas informações, e nem mesmo você pode realizar uma operação bancária pelo GuiaBolso – para isso é necessário usar o site do seu banco.

    25/02/2015, 15:24

Alexandre comentou:

Uma dúvida: almoços em horário de trabalho que fazemos em restaurantes seria Estilo de Vida, e categorizaria em “Bares/Restaurantes”? Ou seria Gastos Essenciais?

27/05/2016, 00:29

    GuiaBolso comentou:

    Oi, Alexandre

    No nosso entendimento, por fazer parte do dia a dia, seria um gasto essencial, mas vale lembrar que isso não significa que ele também não possa ser reduzido, com ida a restaurantes mais baratos ou mesmo uso de marmitas.

    =)

    19/07/2016, 18:36

IVETE comentou:

ESTOU TENTANDO ENXUGAR MEU EXTRATO, PARANDO TUDO, PARA PAGAR OS COMPROMISSO. VALEU MUITO AS DICAS.

15/07/2016, 17:59

MANOEL FERREIRA comentou:

Olá, sou usuário da versão beta, e gostaria de deixar uma sugestão, na parte de planejamentos poderia ter a opção de planejarmos uma aplicação ou investimento, já que são separados por gastos essenciais e estilo de vida faltou as prioridades financeiras, isso ajudaria muito a investir ou sair de uma divida seguido a regra dos 50-15-35, tão divulgada por vocês e que muito boa. Gostaria muito de ver essa opção nas próximas atualizações.

01/08/2016, 03:15

    GuiaBolso comentou:

    Oi, Manoel

    Tudo bem? Super obrigado pela sugestão! Encaminhamos para a área de produto.

    11/08/2016, 12:22

Levi comentou:

Uso há menos de 1 semana e já estou adorando. Parabéns pelo conteúdo do blog, pelo aplicativo!

09/08/2016, 17:23

elton da silva sousa comentou:

vou fazer esse teste tou gastando muito atoa sem necessidade, quero poupar.
e preciso de ajudar.

19/09/2016, 14:43

Sargento comentou:

Horrível, por isso 90% da população não tem nada, não tem casa própria, não tem carro, não tem dinheiro na poupança. Eu ganho R$3.500,00 liquido por mês, pago aluguel de R$700,00 reais, minha esposa não trabalha e tenho um filho de 2 anos. consigo tranquilamente guarda no mínimo R$1.000,00 todo mês. e tem mês que guardo R$1.500,00. Tenho 25 anos e já juntei R$100.000,00 na poupança. Tenho um carro de R$35.000,00 fora os móveis da minha casa R$15.000,00. Vivemos bem, a gente se diverte. Comecei a juntar $$ com 18 anos. meu primeiro emprego foi com 20 anos e ganhava 700 reais por mês, faz 3 anos que sou Sgt. Fica a dica

17/10/2016, 16:10

Lourenço comentou:

Boa tarde, gostaria de tirar uma duvida sobre o método 50 – 15 – 35, o gasto com o cartão de credito entra em qual percentual ?

02/01/2017, 18:26

    GuiaBolso comentou:

    Oi, Lourenço

    Tudo bem? Depende. Dentro da fatura estão especificadas suas categorias. Se R$ 100 foram gastos em restaurante isso entraria no estilo de vida (35%), enquanto os R$ 200 do mercado seriam classificados como gastos essenciais (50%). Nos 15% entrariam o pagamento de juros do rotativo do cartão de crédito ou do parcelamento, caso esteja pagando esta taxa.

    Qualquer dúvida escreva de novo!

    06/01/2017, 11:23

Elisângela comentou:

Investimento em poupança deve ser lançado como? Seria transferência, quando transfiro o valor de minha conta para a poupança e aplicação o valor depositado na poupança?
Também gostaria na parte de planejamentos tivesse a opção de planejarmos uma aplicação ou investimento.

13/01/2017, 18:26

    GuiaBolso comentou:

    Oi, Elisângela

    Tudo bem? Caso o dinheiro seja enviado para uma conta poupança que não esteja cadastrada no GuiaBolso você precisa lançar como investimento. Apesar de a poupança render muito pouco, ainda é um investimento. Se for apenas uma movimentação da conta corrente para a poupança, ambas já cadastradas e conectadas no GuiaBolso, você não precisa fazer nada porque o aplicativo puxará a informação.

    =)

    16/01/2017, 11:15

 

Baixe agora o aplicativo de
controle financeiro do GuiaBolso!

Baixe na AppStore Baixe na Google Play