4 coisas que valem a pena serem adquiridas através de um consórcio

Car and red ribbon

Car and red ribbon

Um grupo de pessoas, física ou jurídica, com o intuito de adquirir determinado bem, se junta para autofinanciar o objeto de desejo. Assim funciona o consórcio. Criado na década de 60 no Brasil, este sistema, administrado por empresas que tenham a autorização do Banco Central, tem beneficiado àqueles que não conseguem ter o valor total para comprar uma casa, carro ou até contratar um serviço.

Para participar de um consórcio é preciso se unir a um grupo assinando o contrato de adesão, onde estarão estabelecidas todas as regras, como o valor das prestações e das taxas administrativas e prazos. No geral, todos os meses, alguém será contemplado, seja por sorteio ou por lances e mesmo depois de receber a carta de crédito para a aquisição, será necessário continuar com as mensalidades até o fim do contrato.

Antes de entrar em um consórcio é preciso analisar muito bem o tempo que pode levar para conseguir o bem ou serviço. Isso porque pode ser que você seja o último contemplado. Se há mais urgência, então o ideal é poupar por um tempo para comprar à vista.

É possível adquirir consórcio de um imóvel, de mobílias, eletrodomésticos, veículos automotores e até serviços médicos, como cirurgias plásticas. Confira agora as quatro compras que mais podem valer a pena.

Consórcio imobiliário

O consórcio imobiliário está entre os mais procurados. Isso porque neste caso o valor do bem é bastante alto. No entanto, se você tem um pouco mais de pressa, o interessante é ter o valor das mensalidades, mais uma quantia para que possa dar os lances a fim de adquirir a casa, terreno ou apartamento em menos tempo.

No geral, os consórcios imobiliários têm até 200 meses de duração. É possível utilizar o FGTS para pagar, conforme as normas do Governo. É importante não se esquecer de conferir todas as regras de contrato para que não seja surpreendido no meio do caminho.

Para quem não tem tanta urgência, pode ser uma forma segura, prática e até mais barata — em comparação a alguns tipos de financiamento — de adquirir um imóvel.

Consórcio de veículo

Assim como no caso do imóvel, ao entrar em um consórcio de veículo é necessário ter em mente que talvez demore para que você seja contemplado e por isso é interessante ter uma reserva para fazer os lances.

No geral, esses consórcios têm duração de até oito anos e os sorteios são realizados uma vez por mês. Em alguns casos, pode ser que mais de um participante seja contemplado. Alguns administradores também oferecem prêmios.

Para o consórcio não há cobrança de juros, mas há uma taxa administrativa. No caso de esquecer de pagar uma parcela, juros e multas podem ser cobrados e por isso é importante conhecer todos os detalhes do contrato.

Este tipo de consórcio vale a pena para quem não consegue guardar o dinheiro em uma poupança, por exemplo, não quer pagar altas taxas e nem tem pressa de adquirir o bem.

Consórcio de eletrodomésticos

Este tipo de consórcio é ideal para quem está pensando em se casar ou morar sozinho, mas não tem urgência do produto. Pode ser também a saída para quem quer uma versão mais moderna do eletrodoméstico.

Várias lojas de departamento oferecem esse sistema de compra que pode ser bem mais econômico para quem não tem o dinheiro todo à vista e nem consegue poupar mês a mês. No geral, não leva tanto tempo como o de veículo ou casa, por se tratar de um valor menor.

Consórcio de cirurgia estética

Esse tipo de consórcio é para quem sonha com uma intervenção estética, mas, claro, não tem tanta pressa em se submeter ao procedimento. Afinal, eles podem durar de um a quatro anos. Mas é importante lembrar que sempre há a possibilidade de fazer lances e assim antecipar a aquisição.

O dinheiro da carta de crédito não cai na sua conta, então é preciso procurar o médico, agendar o procedimento e avisar a administradora que ficará responsável pelo pagamento. Se no fim das contas a intervenção for mais cara que o valor do consórcio, você terá que arcar com o excedente. No caso contrário, de ser mais em conta, é possível aproveitar o montante para quitar todas as parcelas.

Os consórcios são sempre uma saída para quem não tem o valor total da compra e nem pressa na aquisição. Por não ter cobrança de juros podem ainda sair mais em conta em comparação aos financiamentos. Antes de entrar em um, confira todo o regulamento e tenha certeza de que a administradora é confiável.

Você ainda tem alguma dúvida? Já participou de um consórcio e tem outras sugestões ou dicas para quem está participando? Compartilhe conosco!

 

Comentários

comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *