O que você precisa saber sobre os juros da poupança

juros da poupança

banner GB

juros da poupançaA poupança é uma das formas de investimentos mais tradicionais do mercado. Na hora de escolher uma forma de guardar dinheiro, ela ainda é a primeira opção de muitos brasileiros. Apesar de oferecer baixo risco e ser considerada um investimento seguro e com possibilidade de retorno, a atual situação econômica do país tem deixado essa aplicação muito pouco rentável.

Em junho deste ano, a caderneta teve o pior desempenho desde outubro de 2013 e há sete meses consecutivos, a poupança não remunera nem a inflação. Apostar nesta modalidade de investimento, durante este período do país, pode ainda ocasionar na perda do poder de compra.

Entenda como funcionam os juros da poupança e veja as vantagens e desvantagens deste tipo de investimento.

Quais são os juros da poupança?

Desde maio de 2012, ficou estabelecido que sempre que o Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic) — taxa básica de juros do País — estiver 8,5% ao ano ou menos, a caderneta de poupança renderá 70% dela, acrescida da Taxa Referencial (TR) — calculada e divulgada diariamente pelo Banco Central (BC).

Na chamada poupança velha (depósitos realizados antes de 03 de maio de 2012), os juros são calculados de acordo com o modelo antigo — 6,17% ao ano ou 0,5% ao mês mais a Taxa Referencial.

É importante lembrar que a taxa de juros da poupança não muda de banco para banco: ela é padrão. Não adianta migrar o dinheiro para outra instituição porque a rentabilidade será exatamente a mesma.

Como funciona a remuneração de depósitos de poupança?

A remuneração de depósitos de poupança é calculada em cima do menor saldo de cada período de rendimento, que o é o mês corrido, e a partir da data de aniversário, que é o dia em que o primeiro depósito na poupança foi feito.

Por exemplo, caso a poupança tenha sido aberta nos dias 29, 30 e 31, considera-se como data de aniversário o primeiro dia do mês seguinte. Além disso, o rendimento muda mês a mês.

Como posso simular os rendimentos da minha poupança?

A melhor forma de simular os rendimentos da sua poupança e ter acesso aos valores corrigidos é usando a Calculadora do Cidadão, disponibilizada pelo Banco Central. Basta colocar a data em que o depósito foi feito (data inicial), a data final, o valor a ser corrigido (a quantia que você depositou) e informar se a regra de correção é nova ou antiga.

Apesar de estarem disponíveis na Internet outros simuladores de rendimento da poupança, a Calculadora do Cidadão é o método mais confiável. Seu diferencial é que ela mostra o rendimento para períodos diferentes (de um ano ou de um mês), que são os mais comuns, além de corrigir os valores de forma confiável.

É vantajoso investir em uma poupança com a atual situação do país?

Os lucros gerados pelos rendimentos de uma poupança estão abaixo da inflação atualmente, e, por conta disso, esse não tem sido o investimento mais adequado, ainda que seja seguro e simples de ser usado.

Mesmo sem cobrar a taxa de administração, a modalidade perde para outras formas de investimento, como CDI, LCI, LCA e Tesouro Direto. Por isso, para fazer seu dinheiro trabalhar a seu favor, vale a pena pesquisar qual a melhor opção de investimento para você, em vez de guardar seu dinheiro na poupança e não ter nenhum tipo de retorno.

Como você investe o seu dinheiro? Compartilhe a sua experiência com a gente nos comentários!

banner GB 2Leia também:
 As 4 melhores planilhas de gastos pessoais para o seu dinheiro
 50 dicas para aprender como economizar dinheiro
 Planilha de gastos no Excel ou controle financeiro online?
 Planilha de gastos mensais: como fazer?

Comentários

comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *