3 tipos de contas bancárias para jovens e suas (des)vantagens

contas bancárias para jovens

banner-GB

contas bancárias para jovensA partir dos 16 anos, qualquer jovem já pode abrir uma conta bancária em seu nome. Seja para movimentar o salário do estágio, do primeiro emprego ou a mesada que você recebe dos pais, este é um passo importantíssimo rumo à sua independência financeira. Mas ter sua própria conta no banco exige muita responsabilidade, maturidade e organização.

Pensando nisso, no post de hoje apresentamos algumas opções de contas bancárias para jovens, apresentando as vantagens (e desvantagens) de cada uma, para você escolher a que melhor se encaixa às suas necessidades. Vamos lá?

Contas básicas

O Banco Central determina que todos os bancos devem oferecer as chamadas contas básicas, que são totalmente isentas de tarifas. Excelentes opções para quem busca um local seguro para armazenar seu dinheiro, elas permitem apenas as atividades mais básicas, como depósitos e saques, conferência de extrato e transferências. Portanto, uma conta básica não é indicada a quem quer movimentar seu dinheiro através do cartão de débito ou crédito, por exemplo.

Contas universitárias

As agências bancárias também oferecem opções de contas especiais para quem está na faculdade. As contas universitárias são isentas de tarifas ou, então, cobram um valor bastante baixo. As condições variam de banco para banco, mas as contas universitárias costumam trazer o limite de quatro saques e duas transferências por mês. Você pode até ter algumas folhas de cheques e um cartão de crédito internacional com um baixo limite de compras.

Contas poupança

Se você mora com seus pais e não precisa ajudar nas despesas do lar, essa é a hora certa dejuntar dinheiro para seu futuro e seus sonhos! Uma conta poupança, onde o dinheiro guardado fica longe de movimentações e ainda rende alguns trocados a mais com o passar do tempo, é uma opção excelente. Mas não se esqueça de estipular um valor mínimo para ser depositado todo mês, combinado?

Na hora de abrir a conta

Seja qual for a opção que melhor atenda suas necessidades, algumas atitudes sempre valem. Você deve decidir por si mesmo qual tipo de conta você quer e em qual banco vai abri-la, mas vale a pena ficar atento às experiências de seus amigos, pais e familiares com suas agências. Pesquise também sobre o internet banking de cada um — hoje, é possível fazer praticamente tudo pelo aplicativo dos bancos, e você vai querer estar em um banco com um serviço online de qualidade.

Na hora de abrir sua conta, preste atenção em tudo o que o funcionário está explicando e não hesite em tirar todas as suas dúvidas. E não se esqueça: leia todo o contrato! O banco vai tomar conta de algo muito importante: seu dinheiro, que representa seu trabalho, economia e sonhos futuros. Portanto, todo cuidado é pouco! Se você assinar um contrato sem lê-lo por inteiro, pode vir a ter muitos arrependimentos e dores de cabeça. Se ler algo no contrato que não compreende, pergunte ao funcionário. Se realmente discordar do item, procure outro banco!

E então, qual tipo de conta parece o mais adequado para você? Para quais sonhos e objetivos você está economizando? Tem outras dúvidas ou sugestões sobre contas bancárias para jovens? Deixe seu comentário e conte pra gente!

banner-GB-2

Leia também:

– Compare 4 opções de empréstimo pessoal online
 As 4 melhores planilhas de gastos pessoais para o seu dinheiro
 50 dicas para aprender como economizar dinheiro
 Planilha de gastos no Excel ou controle financeiro online?
 Planilha de gastos mensais: como fazer?

Comentários

comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *