Como começar um investimento em bolsa de valores?

como investir em dinheiro

banner-GB

como começar um investimentoA decisão de fazer um investimento em bolsa de valores deve vir acompanhada de um histórico de investimentos em modalidades consideradas mais conservadoras, e os recursos a serem aportados neste tipo de investimento também devem ser recursos chamados de “sobras das sobras”.

No jargão financeiro, costuma-se dizer que o que sobra do pão e do leite deve ser investido na poupança; o que sobra da compra do perfume, algo supérfluo, deve ser investido em fundos mais diversificados, mas não agressivos; e aquele recurso a ser investido na bolsa de valores deve ser o dinheiro que seria utilizado para comprar um perfume importado, ou seja, não é um investimento que deve concentrar a maior parte da sua carteira.

Ficou curioso? Então acompanhe o post de hoje e entenda melhor sobre como começar a investir na bolsa de valores!

Como investir na bolsa de valores?

O primeiro passo é buscar informações específicas ou a ajuda de profissionais com vasto conhecimento ou que tenham certificações na área financeira. Isso fará com que você entre no “clube” da bolsa.

É importante saber que ninguém investe diretamente na bolsa, pois os investimentos devem ser realizados com a intermediação de uma corretora de valores. Essa corretora exerce o papel de “sócia” do clube chamado bolsa de valores e você, ao se cadastrar em uma, ganha o direito de ser convidado por ela a ingressar no clube.

Como acessar o mercado de ações?

O mercado de ações pode ser acessado por quase todo mundo. Se você exerce cargo de direção em alguma empresa listada ou se exerce algum cargo de influência política, provavelmente não poderá abrir conta em uma corretora. Este é o primeiro passo para ingressar no clube.

Com o cadastro feito, a corretora consultará os seus dados e confirmará que você pode iniciar suas operações de compra e de venda. A partir daí, você já terá autorização e acesso ao mercado de bolsa.

Como posso comprar ações?

A compra e a venda de ações é realizada totalmente via internet. Você acessará da mesma forma que acessa seu e-mail, com usuário e senha, disparará ordens de compra e venda e poderá acompanhar a evolução do seu patrimônio consultando seu extrato a qualquer momento. Esse sistema é chamado de home broker. Mas você também pode passar ordens de compra e venda por telefone para a corretora.

Com relação ao dinheiro utilizado para esta compra, ele deve ser transferido para a corretora em uma transferência identificada e que não dá poderes à corretora para utilizar os seus recursos. Apenas o investidor pode disparar as ordens de compra e venda, e os recursos que ficam nesta espécie de conta-corrente apenas podem ser transferidos para a conta do titular que abriu a conta na corretora. Isso garante segurança para o investidor, que sabe que os recursos ora estarão disponíveis na conta gerenciada pela corretora, ora estarão na forma de ações propriamente ditas.

Para este serviço, a corretora cobrará taxas de serviço e de corretagem, e a própria bolsa de valores também cobra emolumentos incidentes sobre cada operação. É um conjunto de operações extremamente seguro e sofisticado, tanto que especialistas de países como Estados Unidos e Alemanha, por exemplo, estudam o funcionamento do sistema no Brasil.

Se você tem interesse em fazer um investimento em bolsa de valores, busque adquirir conhecimento financeiro e consulte especialistas em finanças para te ajudar! Restou alguma dúvida sobre essa modalidade de investimento? Compartilhe nos comentários!

banner-GB-2

Leia também:

– Compare 4 opções de empréstimo pessoal online
 As 4 melhores planilhas de gastos pessoais para o seu dinheiro
 50 dicas para aprender como economizar dinheiro
 Planilha de gastos no Excel ou controle financeiro online?
 Planilha de gastos mensais: como fazer?

 

Comentários

comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *