GuiaBolso: suas finanças organizadas em 2 minutos Começar.
 

Qual o melhor investimento financeiro?

banner GB

investimento financeiroCriamos esse Guia de Investimento com o objetivo de facilitar a vida das pessoas ao tomarem decisões sobre como investir seu dinheiro.

Nossa regra historicamente tem rentabilidade superior à poupança, fundos oferecidos pelos bancos, Tesouro Direto e à bolsa de valores.

Além de fácil e mais rentável que a maioria dos investimentos, essa regra também oferece segurança – você não corre risco de perder dinheiro ao seguir esse Guia.

A regra para investimento financeiro:

Nossa regra é simples e pode ser feita em dois passos:

–> Invista sua reserva financeira em Fundo DI: separe o equivalente a, pelo menos, 3 salários para aplicar em fundos DI, um tipo de Renda Fixa.

–> Invista para o futuro aplicando em títulos de bancos médios (CDB, LCA, LCI): o restante do seu dinheiro é aplicado em títulos de bancos médios que rendem mais que o DI e são garantidos pelo FGC (mesma garantia da poupança).

Leia mais: Melhores investimentos financeiros em 2015

Entenda:

  • Investir sua reserva financeira em Fundo DI

A reserva financeira é uma quantia que você separa para aplicar em algum lugar seguro e de fácil acesso para que possa usar em emergências – doença na família e perda de emprego, por exemplo. Recomendamos que essa reserva seja de, no mínimo, 3 meses de salário.

– Por que investir em Fundo DI? Ao investir nesses fundos você está emprestando dinheiro para o Governo. Por isso, são considerados investimentos seguros, você pode resgatar quando quiser e também estão pagando uma boa rentabilidade porque o Governo tem pago juros elevados.

– Quanto devo investir? Nossa recomendação é que você invista 3 vezes o seu salário em Fundos DI. Exemplo: se você ganha R$ 4 mil, o ideal é economizar R$ 12 mil (3 x R$ 4 mil) para investir em DI. Se você ainda não alcançou esse valor, não tem problemas! Invista o que você tem e coloque mais dinheiro depois, conforme economiza.

– Como investir em Fundo DI? Todos os bancos oferecem Fundo DI. Mas preste atenção na taxa de administração cobrada: qualquer coisa acima de 1% ao ano não é recomendável.

Veja na tabela abaixo os fundos DI mais rentáveis e com taxa de administração de até 1%, de acordo com o Ranking de Fundos da Exame:

Tabela DI

Reparem, por exemplo, que o fundo da corretora XP é o que tem o menor limite de aplicação e também a menor taxa de administração.

  • Investir para o futuro aplicando em títulos de bancos médios (CDB, LCA, LCI)

 Depois que você investir pelo menos 3 salários em um Fundo DI, você tem mais liberdade para aplicar seu dinheiro em um investimento que te dê um retorno um pouco maior e que te ajude a conquistar seus objetivos financeiros.

Por que investir em títulos de bancos médios? A rentabilidade desses títulos é maior que a dos Fundos DI, apesar de serem um pouco mais arriscados. Além disso, eles também são seguros porque têm a mesma garantia que a Poupança: em caso de problemas com a instituição financeira, o Fundo Garantidor de Crédito(FGC) assegura investimentos de até R$ 250.000. A única restrição é que seu dinheiro precisa ficar investido por um tempo determinado (6 meses a 2 anos).

– Quanto devo investir? Você deve investir o valor que não está em uma reserva financeira de Fundo DI e que você não vai precisar no prazo de carência (6 meses a 2 anos). Além disso, você deve investir no máximo R$ 250.000 por banco, que é o valor máximo garantido pelo FGC.

Exemplo: Se você ganha R$ 4 mil por mês e conseguiu economizar R$ 20 mil, invista R$ 12 mil em Fundo DI e, depois, aloque R$ 8 mil em títulos de bancos médios (exemplo: CDB, LCA, LCI). Assim você diversifica seu investimento em ativos seguros, de baixo risco e com rentabilidade interessante.

Leia ainda: Entenda o que são CDBs antes de começar a elaborar o seu orçamento

Como investir em Renda Fixa?

A melhor forma de investir em Renda Fixa é por meio de corretoras, como XP, Órama e Easynvest. Com uma conta em corretora, você pode escolher diversos títulos de renda fixa e não depende apenas do que o gerente do seu banco te sugerir.

Para comparar quanto as corretoras estão cobrando pelos serviços, acesse o site Bússola do Investidor. É possível comparar até cinco corretoras ao mesmo tempo.

Leia mais: Qual o melhor investimento financeiro para 2015?

Nossas quatro premissas básicas para investimento são:

1) Simplicidade: você não precisa investir em muitas opções, nem ficar acompanhando o tempo todo o mercado. O mais importante é fazer o set-up inicial e continuar aplicando todo mês.

2) Segurança: nada de volatilidade com bolsa ou com câmbio. Com opções de baixo risco, você dorme tranquilo enquanto seu dinheiro rende.

3) Retorno: quando analisamos uma série histórica de investimentos desde o plano Real, o DI tem sido o melhor investimento de forma constante. Incluir aqui

4)  Saúde financeira: você terá dinheiro disponível para emergências financeiras.

banner GB 2Leia também:
 As 4 melhores planilhas de gastos pessoais para o seu dinheiro
 50 dicas para aprender como economizar dinheiro
 Planilha de gastos no Excel ou controle financeiro online?
 Planilha de gastos mensais: como fazer?

Comente!

comentários

 
 

Marcos comentou:

Acho que fsltou falar da opçāo do tesouro direto: tesouro selic e ipc+

09/07/2016, 09:27

Gilberto pointdocarro comentou:

Muito interessante,vou investir

07/09/2016, 07:33

Karine Olimpio Serrano Mendes comentou:

Faz tempo que tenho desejo de investir.
Meu pai fazia algum investimento… ficou o exemplo.
Vou procurar mais informações.

13/12/2016, 07:54

 

Baixe agora o aplicativo de
controle financeiro do GuiaBolso!

Baixe na AppStore Baixe na Google Play