Como criar uma planilha de controle financeiro para o cartão de crédito

como-criar-uma-planilha-de-controle-financeiro-para-o-cartao-de-credito20086

banner-GB

como-criar-uma-planilha-de-controle-financeiro-para-o-cartao-de-credito20086O cartão de crédito é um dos maiores vilões do controle financeiro. Mesmo para quem tem fama de poupador, ter um cartão de créditos nas mãos sem controle pode ser a diferença entre conseguir economizar no fim do mês. Por isso, pensando em te ajudar, vamos mostrar como fazer uma planilha de controle financeiro para seu cartão de crédito e manter suas finanças dentro do planejado! Acompanhe:

1. Escolha o programa

Fazer sua própria planilha para controle do seu cartão é interessante pois ela ficará adaptada à sua realidade. O primeiro passo para isso é escolher qual programa você utilizará. Os mais indicados são o Excel, programa oficial de planilhas do Office, e o Google Sheet, que funciona como em nuvem, permitindo acessá-lo de qualquer computador.

2. Criando a planilha de controle financeiro

Sua planilha deverá conter abas referentes a cada mês do ano. Nelas, você deverá especificar todas as despesas que teve com o cartão de crédito no mês referido. Em cada uma das abas, crie uma tabela cujas colunas sejam: descrição do gasto (para detalhamento do que foi aquela compra), valor da compra, categoria e parcelas. Ao final, você deverá inserir a função soma para ter uma noção de quanto será sua fatura daquele mês.

3. Determine suas principais categorias

Faça uma análise dos seus gastos e determine em quais categorias você pode dividi-los. Por exemplo: supermercado, bares e restaurantes, transporte, lazer etc. São com essas informações que você deverá preencher a coluna “Categoria” da sua planilha. Isso é importante para se ter ideia do tanto que está sendo gasto com cada item e tentar manter os gastos dentro de uma meta saudável, que não prejudique suas finanças e ultrapasse o limite do cartão.

4. Fique atento aos gastos parcelados

É comum parcelarmos as compras quando elas possuem um valor mais alto. Mas caso você faça isso, não deixe de colocá-lo na planilha, escrevendo na coluna de “parcelas” o número de parcelas de pagamento da compra. É importante lembrar de transferir esse gasto para os meses seguintes, até o fim das parcelas. Assim, você saberá quanto ainda deverá pagar referente àquela compra. E vale lembrar: só parcele em último caso!

Compras parceladas são uma armadilha para se enrolar e ter dor de cabeça no futuro. O ideal é sempre poupar o dinheiro, para conseguir adquirir o bem à vista e, de quebra, ainda conseguir um desconto.

5. Automatizando o processo

Muitas vezes, não temos tempo ou conhecimento para trabalhar com uma planilha. Ela requer atenção e dedicação para ficar sempre atualizada e nos trazer benefícios. Nesses casos, automatizar o controle, utilizando de um aplicativo para controle de gastos, é uma ótima saída. O GuiaBolso, disponível nas versões Android, iPhone e web, é um bom exemplo. Com ele, será possível ter acesso do seu smartphone e verificar seus gastos em qualquer momento, de qualquer lugar.

Os gastos já são separados por categoria em um gráfico mensal, indicando onde estão seus maiores gastos. E você, já faz o controle do seu cartão de crédito? Compartilhe suas dicas nos comentários!

banner-GB-2

Leia também:

– Compare 6 opções de empréstimo pessoal online
 As 4 melhores planilhas de gastos pessoais para o seu dinheiro
 Planilha de gastos no Excel ou controle financeiro online?
 Planilha de gastos mensais: como fazer?

Comentários

comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *