Refinanciamento de automóvel: um guia para tirar suas dúvidas

Search for cars online - symbols on computer keyboard

banner-GB

Search for cars online - symbols on computer keyboard

Em nossas vidas, muitas vezes precisamos de uma ajuda financeira, não é mesmo? Seja para conseguir aproveitar aquele final de ano com uma viagem programada há muito tempo, investir em um novo negócio ou empreendedorismo e até mesmo para a quitação de dívidas. Enfim, são vários os motivos que nos fazem buscar por modalidades de empréstimos disponíveis nas instituições financeiras.

Entretanto, a maioria dos empréstimos oferece condições de pagamento desvantajosas, além de ser difícil se enquadrar nos requisitos necessários para a liberação do crédito. Porém, nem tudo é tristeza: o refinanciamento de automóvel pode ser a solução para você.

Esta modalidade de crédito oferece uma grande quantia de dinheiro emprestado, sem a necessidade de maiores aprovações com relação ao seu nome e renda nem o pagamento de altos juros. É ideal para quem já possui um veículo e está precisando de um belo empréstimo pra tocar a sua vida. Quer saber mais sobre esta modalidade de crédito? Continue a leitura…

O que é o refinanciamento de automóvel?

Basicamente, esta modalidade de crédito pede que um carro, já quitado e em nome do cliente, seja utilizado na negociação. Ou seja, você oferece o seu automóvel ao banco como garantia e pode ter direito a um empréstimo de até 70% do valor de mercado do veículo em questão. Como exemplo: se você possui um carro no valor de R$ 100 mil, poderá pegar emprestado até R$ 70 mil da instituição financeira. Logicamente, o automóvel continua sob o seu domínio e uso.

Quem pode realizar esta modalidade de empréstimo?

Qualquer pessoa, desde que seja maior de 18 anos, possua um carro quitado em seu nome e esteja regularizado perante os órgãos de cobrança. Eventualmente, alguns bancos e instituições de crédito possibilitam que negativados e veículos alienados possam se enquadrar no empréstimo, tornando possível o refinanciamento de automóvel também para essas pessoas.

Posso escolher a quantia que quero pegar emprestado?

Sim, é possível, desde que dois aspectos sejam atendidos:

  • Valor de empréstimo de até 70% do valor de mercado do automóvel colocado como garantia;
  • Valor da parcela do empréstimo não pode comprometer mais de 35% da renda mensal.

Para tornar tudo mais claro, vamos analisar um exemplo. Luiz possui um veículo no valor de R$ 50 mil e necessita de R$ 35 mil para investir em seu negócio. Como o valor de empréstimo que ele necessita está dentro dos 70% oferecidos pelo banco, será possível o empréstimo da quantia até o momento. Porém, Luiz tem uma renda de R$ 5 mil e as parcelas comprometem mais do que 35% de sua renda mensal, o que impossibilita o empréstimo que ele desejava no início. Então, Luiz opta por pegar emprestado apenas R$ 20 mil, enquadrando-se em todos os aspectos.

Qual a razão dos juros serem menores?

Como o cliente está oferecendo como garantia um automóvel, um bem de grande valia e utilidade, o banco prevê que a inadimplência e os atrasos no pagamento sejam muito menores dos que os encontrados nos empréstimos convencionais que não possuem garantias. Então, como o intuito do banco não é pedir o seu carro, os juros são menores, uma vez que a taxa de inadimplência também é mais baixa.

Compensa para mim?

Caso você não tenha uma renda muito estável e as suas pretensões sejam menores podendo ser realizadas com um empréstimo mais baixo, analise outras opções de crédito.

Por outro lado, se você possuir uma renda estável e um veículo em seu nome e esteja precisando de uma grande quantia em dinheiro para o desenvolvimento de sua vida, o refinanciamento de automóvel é uma ótima escolha. Dúvidas? Deixe seu comentário!

banner-GB-2

Leia também:

– Compare 5 opções de empréstimo pessoal online
 As 4 melhores planilhas de gastos pessoais para o seu dinheiro
 Planilha de gastos no Excel ou controle financeiro online?
 Planilha de gastos mensais: como fazer?

Comentários

comentários

5 Comments

  1. Vamos aprender...rsrs

  2. Meu carro não esta quitado ainda posso fazer o refinanciamento??

    • Oi, Geovania

      Tudo bem? Segundo as regras do Banco Central, só pode ser refinanciado um carro já quitado. Na prática, porém, alguns bancos e financeiras permitem o refinanciamento de carros não quitados. Na verdade, o que eles fazem é usar parte do dinheiro do refinanciamento para pagar as parcelas que restavam do financiamento antigo e aí sim refinanciar o novo valor. Aqui tem mais respostas sobre este tema:
      https://blog.guiabolso.com.br/2015/09/15/como-fazer-refinanciamento-de-veiculos/

  3. Bom dia!!

    Neste caso como posso proceder na questão do refinanciamento, devo ir direto na agência bancária ou em alguma concessionária ou agência de automóveis ?

    • Oi, Diego

      Você deve entrar em contato com o banco ou financeira que estiver interessado. Antes de ir a sua agência bancária, pesquise as taxas cobradas em outros bancos e financeiras e opte pela mais barata. Se tiver uma proposta formal, pode até tentar negociar no seu próprio banco uma menor taxa de juros.

      Boa sorte!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *