Entenda como fazer cadastro na nota fiscal paulistana

entenda-como-fazer-cadastro-na-nota-fiscal-paulistana24327

banner-GB

entenda-como-fazer-cadastro-na-nota-fiscal-paulistana24327Se você ainda não pensou em fazer cadastro na Nota Fiscal Paulistana, saiba que está perdendo uma oportunidade de economizar dinheiro. Uma das formas que os governos estaduais e as prefeituras estão encontrando para diminuir a sonegação e aumentar a arrecadação é o incentivo aos clientes com retorno de parte do imposto pago.

O Estado de São Paulo possui um programa para devolução do ICMS, chamado Nota Fiscal Paulista e vários estados já possuem programas semelhantes. A cidade de São Paulo também já tem a Nota Fiscal Paulistana em andamento há alguns anos.

O que muita gente não sabe é que você pode acumular créditos mesmo que não resida em São Paulo, desde que use os serviços da cidade remotamente ou quando viaja para a capital paulista. Saiba tudo sobre o programa no nosso artigo de hoje.

Como funciona a Nota Fiscal Paulistana?

Antes mesmo do cadastro, o cliente deve solicitar a emissão da nota fiscal em todos os serviços que contratar: cabeleireiros, lavanderias ou qualquer outra empresa de prestação de serviços. A cidade de São Paulo tem mais de 730 mil empresas que legalmente devem pagar o ISS (Imposto sobre Prestação de Serviços). Para o programa, esses pagamentos são feitos através de documentos chamados de NFS-e, que são as Notas Fiscais de Serviços Eletrônicas.

Através do programa, a prefeitura emite e armazena cada NFS-e emitida e devolve aos compradores até o limite de 30% do valor pago. O contribuinte cadastrado pode usar esses créditos para pagar completa ou parcialmente o IPTU de qualquer imóvel que possua na cidade, assim como pode solicitar transferência para sua conta bancária (corrente ou poupança são aceitas).

As pessoas cadastradas no programa também participam de sorteios mensais, caso decidam aderir ao seu regulamento. Em cada mês que o contribuinte cadastrado solicitar a nota de um serviço, ele receberá um bilhete para o sorteio, além de um adicional a cada R$ 50 em notas.

Os prêmios sorteados mensalmente são valores em dinheiro que variam entre R$ 10 e R$ 50 mil, e podem chegar a R$ 100 mil em datas comemorativas específicas. Cabe salientar que a Nota Fiscal Paulistana e a Nota Fiscal Paulista são dois programas diferentes e você pode se cadastrar em ambos.

Como fazer cadastro na Nota Fiscal Paulistana?

O processo para cadastramento é feito através do site da Prefeitura de São Paulo. Confira o passo a passo:

  1. Acesse o link do programa no site da prefeitura ou clique aqui;
  2. Digite o seu CPF e clique no lugar indicado no formulário para quem não possui senha;
  3. Na tela seguinte, além do CPF que já estará preenchido, informe seu nome completo, data de nascimento e o CEP do seu endereço;
  4. Informe um e-mail de contato que servirá para a criação da senha;
  5. Confira a mensagem recebida em seu e-mail e clique no link de verificação;
  6. Você será direcionado de volta ao portal da prefeitura, no qual cadastrará sua senha de acesso ao programa;
  7. Pronto! Agora, você já pode acessar a Nota Fiscal Paulistana e conferir seus créditos.

Vale lembrar que para fazer o cadastro não é obrigatório residir em São Paulo: moradores de outros estados que compram pela internet de empresas paulistanas ou que eventualmente utilizam serviços da capital paulista podem se cadastrar no programa e retirar seus créditos normalmente.

E então? Conseguiu fazer cadastro na Nota Fiscal Paulistana e está acompanhando suas NFS-e? Já conseguiu uma boa economia? Deixe um comentário!

banner-GB-2

Leia também:

– Compare 6 opções de empréstimo pessoal online
 As 4 melhores planilhas de gastos pessoais para o seu dinheiro
 Planilha de gastos no Excel ou controle financeiro online?
 Planilha de gastos mensais: como fazer?

Comentários

comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *