Você sabe quanto custa ter um carro?

considere-a-possibilidade-de-dar-desconto-na-venda-do-carro

banner-GB

considere-a-possibilidade-de-dar-desconto-na-venda-do-carroSonho de muitos brasileiros, ter um carro nem sempre significa a liberdade e a independência que este bem costuma representar. Isso porque, além de garantir que você possa se locomover da forma como preferir e evitar o transporte público lotado, ter um veículo próprio pode ser um grande peso para o seu bolso. No posto de hoje, saiba quanto custa ter um carro.

Quem tem ou planeja ter um carro precisa prever o custo médio mensal envolvido em sua manutenção para garantir que as finanças pessoais estejam sempre em dia. Para ajudá-lo a calcular o custo de seu veículo, o Pegcar selecionou as principais despesas envolvidas em ter um automóvel. Confira!

Quanto custa ter um carro? Principais custos

Apenas ter reserva financeira suficiente para quitar o valor do veículo à vista ou para pagar as parcelas do financiamento não irá garantir que você consiga custear as despesas mensais para utilizá-lo, que podem ser um grande peso para seu orçamento, dependendo do modelo e do ano do veículo. Os custos mensais variam de acordo com o carro, mas é possível calcular e prever o que terá que desembolsar. Papel e caneta na mão para descobrir quanto custa seu carro:

IPVA

Pago uma vez ao ano, o IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) custa em média 4% do valor venal de um automóvel, sendo isento apenas para os carros que circulam há mais de 20 anos. Para um veículo avaliado em R$ 40 mil, portanto, o valor do IPVA fica em média R$ 1,6 mil ao ano.

O pagamento pode ser feito à vista e com desconto em janeiro; à vista em fevereiro, porém sem desconto; ou então, em três parcelas, nos meses de janeiro, fevereiro e março. Quem consegue se planejar e reservar parte do 13° salário para o pagamento do IPVA em janeiro, pode aproveitar o desconto que costuma ser bastante interessante.

DPVAT

O seguro DPVAT (Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre), também conhecido pelos proprietários de automóvel como seguro obrigatório, deve ser pago anualmente, junto com a cota única ou com a primeira parcela do IPVA. Para um carro avaliado em R$ 40 mil e de uso pessoal, o valor fica em torno de R$ 101,00 por ano.

Revisão periódica

Quem quer evitar imprevistos com o seu veículo, precisa estar atento às revisões periódicas, que devem ser agendadas conforme as orientações do manual. Normalmente, o recomendado é levar o carro na oficina preventivamente a cada 6 meses ou a cada 10 mil quilômetros rodados. Há também cuidados que podem ser tomados em casa e com maior frequência, como a checagem de água e de óleo do motor.

Vale lembrar que o custo com prevenção de danos que podem demandar novas peças ou até causar acidentes é muito menor do que o valor pago nessas situações emergenciais. Por isso, escolha uma oficina de confiança e conheça bem o manual do seu veículo.

Manutenção

Manutenção também deve entrar na conta da pergunta quanto custa ter um carro. Além da prevenção feita periodicamente na oficina, existem manutenções que devem ser consideradas, como a troca de óleo, de pneus ou de peças que sofram desgaste. O custo anual para esses reparos costuma ficar em torno de R$ 500,00 ao ano.

Se possível, considere o custo médio de manutenção para um veículo antes de comprá-lo. Automóveis de fabricação estrangeira costumam elevar os gastos para esse fim, pois necessitam importação de peças para troca.

Seguro

Não é obrigatório fazer seguro para um automóvel, porém muito recomendado para quem acredita que gastar preventivamente acaba saindo muito mais barato. O valor para prevenir-se contra roubos, furtos e acidentes é calculado de acordo com o veículo, com a sua utilização e com o perfil dos motoristas que o utilizam. É viável afirmar, porém, que o custo anual para um carro avaliado em R$ 40 mil fique em torno de R$ 2 mil por ano (5% do valor do veículo).

Estacionamento

Nas grandes cidades, é cada vez mais difícil parar o carro na rua sem pagar nada por isso. É preciso considerar o que é gasto para estacionar em casa, no trabalho e em momentos de lazer. Faça uma média mensal, considerando os preços em sua cidade, mas leve em consideração que, para quem não tem vaga de garagem em casa, o valor pode chegar a R$ 400 por mês.

Combustível

O valor gasto em combustível irá variar muito de acordo com o perfil de utilização do veículo e se ele é do modelo total flex, que muitas vezes permite economia na hora de encher o tanque. Um carro que costuma andar cerca de 30 km por dia, entretanto, chega consumir R$ 400 reais por mês em álcool ou gasolina.

Depreciação

Muitos não consideram a perda financeira que têm com a depreciação de seu bem. Um veículo perde em média 10% de seu valor por ano no preço de revenda. O veículo avaliado em R$ 40 mil, portanto, perde R$ 4 mil de seu valor de venda em seu primeiro ano.

Como gastar menos com seu carro?

Já ouviu falar que ter carro só dá despesa? Você deve ter percebido que isso pode acontecer com você caso não planeje seus gastos com o veículo ou não faça sua manutenção corretamente. Apenas nos pontos levantados aqui, que não consideram custos com revisão (que podem variar bastante) e com financiamento, caso você opte por esse modelo para aquisição do veículo, seu carro pode custar até R$ 1.200 por mês. Considerando um ano, o valor até assusta: são quase R$ 14 mil.

Mas fique tranquilo: existem diversas maneiras para economizar com seu carro e, inclusive, gerar receita com ele. Coloque suas despesas no papel, conheça o custo mensal do seu automóvel e organize suas finanças pessoais para aproveitar com tranquilidade as vantagens de ter seu próprio carro!

banner-GB-2

Leia também:

– Compare 6 opções de empréstimo pessoal online
 As 4 melhores planilhas de gastos pessoais para o seu dinheiro
 Planilha de gastos no Excel ou controle financeiro online?
 Planilha de gastos mensais: como fazer?

Comentários

comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *