GuiaBolso: suas finanças organizadas em 2 minutos Começar.
 

Compra de carro: 4 passos para um financiamento eficiente

620x100-gradiente

38739-compra-de-carro-x-passos-para-um-financiamento-eficienteQuando se pensa em compra de carro, o que vem à mente são benefícios como liberdade, praticidade, conforto, segurança etc. No entanto, a falta de atenção nesse momento pode gerar problemas futuros e transformar o sonho em pesadelo.

Seja para uso comercial, seja para uso pessoal, o cuidado é fundamental para uma aquisição segura e satisfatória, especialmente se a compra não for à vista. Por isso, listamos abaixo alguns passos importantes que você deve seguir para realizar um financiamento eficiente e sem arrependimentos. Confira:

1. Analise opções de financiamento disponíveis

Existem diversas modalidades de financiamento disponíveis no mercado, porém algumas são mais voltadas para atender, especificamente, a compra de carro. Essas modalidades podem oferecer condições mais atraentes e menos burocráticas.

Um exemplo é o financiamento direto pelas concessionárias. Muitas delas possuem bancos próprios para reduzir a burocracia e acelerar o processo de vendas. As taxas de juros também costumam ser mais baixas para atrair o público.

Outras opções de financiamento são o leasing, modalidade pela qual o veículo permanece no nome do banco ou da financeira até a quitação das parcelas, e o consórcio. Nesta última, você pode obter a carta de crédito por sorteios mensais ou por lance mais alto, ou então receber o bem após a quitação de todas as parcelas. É a opção mais econômica, devido aos baixos custos de administração e a dispensa de pagamento de entrada.

Considere também pegar um empréstimo online. Por estas empresas não terem grandes estruturas físicas, em geral, conseguem taxas de juros competitivas. Este é o caso, por exemplo, do Just e de outras instituições parceiras do GuiaBolso que você encontra dentro do aplicativo.

2. Analise os pontos fortes e fracos de cada financiamento

Antes de optar pelo financiamento para a compra de carro, pesquise as vantagens e desvantagens de cada modalidade em diferentes bancos e financeiras.

Para facilitar essa pesquisa, use as ferramentas disponíveis na internet. A maioria das instituições financeiras oferece simuladores em seus sites. Basta seguir alguns passos e você descobrirá o número e valor das parcelas, para saber se cabem no seu orçamento mensal.

3. Avalie os riscos do financiamento para o orçamento

Se você não possui o hábito de planejar e controlar o orçamento, é bom começar antes de contratar o financiamento da compra de carro. Isso porque as parcelas podem pesar no bolso e comprometer o pagamento de outras dívidas que você já possui, deixando as contas fora de controle.

Para não correr riscos de se complicar no futuro, analise quanto ganha e quanto gasta por mês. É muito provável que você descubra despesas que podem ser cortadas. Comece um plano de redução de gastos e economize sempre que puder.

Assim que começar a sobrar um valor superior ao valor das parcelas, você estará mais seguro para entrar em um financiamento.

Se você não tem nenhuma ideia dos gastos e ganhos (eles podem não ser fixos, por exemplo), entre no GuiaBolso e conecte sua conta. O aplicativo faz todas as contas pra você. Não tem mais desculpa pra não se organizar, né?

4. Busque referências antes de financiar compra de carro

Caso escolha realizar o financiamento por uma instituição financeira pouco conhecida, pesquise referências. Para isso, entre em contato com clientes que já utilizaram os serviços dela.

É possível, também, conseguir essas informações em sites como Reclame Aqui, Consumidor, Denuncio, etc. Além disso, fóruns e redes sociais podem ser bastante úteis para acessar comentários e trocar ideias com outros usuários. Isso pode livrar você de golpes e de muitas dores de cabeça no futuro.

5. Negocie as condições contratuais

Ao entrar em contato com a instituição financeira para contratar uma compra de carro, não aceite os termos oferecidos logo de cara. Negocie.

Diga que já decidiu financiar o carro, mas que está realizando orçamentos em diversos locais para contratar a opção mais atrativa. Diante do risco de perder a venda, é bem possível que o vendedor ofereça brindes e descontos nas taxas de juros.

Se tiver orçamentos feitos em outras financeiras, mostre ao vendedor e pergunte se ele pode oferecer melhores condições.

O ideal é que, antes de contratar um financiamento de compra de carro, você tente juntar um montante para oferecer como entrada. Quanto maior o valor de entrada, menor será o valor financiado. Assim, você pagará menos juros e poderá quitar a dívida mais rapidamente.

E aí, gostou das dicas? Acha o financiamento uma boa opção para comprar um carro? Siga o GuiaBolso no Facebook, Twitter e Linkedin para descobrir muito mais!

620x100-foto

Leia também:

– Compare 5 opções de empréstimo pessoal online
 As 4 melhores planilhas de gastos pessoais para o seu dinheiro
 Planilha de gastos no Excel ou controle financeiro online?
 Planilha de gastos mensais: como fazer?

 

Comente!

comentários

 
 

 

Baixe agora o aplicativo de
controle financeiro do GuiaBolso!

Baixe na AppStore Baixe na Google Play