GuiaBolso: suas finanças organizadas em 2 minutos Começar.
 

O que muda no Imposto de Renda em 2017?

banner-GB

33585-o-que-muda-no-imposto-de-renda-em-2017Contribuintes já podem ir se preparando para a declaração do Imposto de Renda 2017. E não tem como fugir, trabalhadores e cidadãos que recebem salário superior ao teto de isenção estipulado pela Receita Federal devem declarar, anualmente, os ganhos auferidos no ano anterior.

Quando uma pessoa atinge o limite máximo de remuneração ela deve pagar o Imposto de Renda (IR), cujas alíquotas são atualizadas em tabelas específicas pela Receita Federal. É através destas tabelas que os contribuintes podem saber qual é a porcentagem de Imposto de Renda incidente sobre a sua renda que terão que pagar, considerando seus ganhos mensais no decorrer do ano anterior.

Todos os anos as alíquotas sofrem atualizações, logo, é importante acompanhar os novos valores que incidem sobre a remuneração. Vejamos o que muda no Imposto de Renda em 2017. Fique de olho!

Quem deve elaborar a Declaração IRPF 2017?

Contribuintes que receberam mais de R$ R$ 28.123,91 em rendimentos tributáveis no ano anterior, como por exemplo em salários ou aluguéis, ou ainda rendimentos isentos não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte em valores superiores de R$ 40 mil devem declarar o IRPF 2017.

Além disso, se o contribuinte optou pela isenção do Imposto de Renda sobre o ganho de capital decorrente da venda de imóveis residenciais, cujo dinheiro da venda seja utilizado para a compra de imóveis dentro do país, em um prazo de 180 dias contados a partir da assinatura do contrato de venda, é preciso declarar o Imposto de Renda 2017.

O que muda no Imposto de Renda 2017?

Empresas e pessoas físicas sentirão no bolso a alta carga tributária prevista para 2017. Segundo projeto enviado ao Congresso Nacional pelo Governo Federal o imposto será maior para as faixas mais ricas de contribuintes.

Entre as principais medidas que poderão vigorar em 2017 está a cobrança de IR das pessoas físicas que receberam herança e doações, além do direito de imagem vendido por artistas e famosos, como jogadores de futebol e artistas.

Além das pessoas físicas, empresas optantes pelo Simples Nacional e aquelas tributadas pelo Lucro Presumido também deverão ser tributadas. Outra mudança será com relação aos ganhos de capital na venda de um bem, como imóvel, ou com direitos autorais, onde eram pagos 15% de Imposto de Renda, independentemente do valor do lucro. A partir de 2017, a regra será válida apenas para os ganhos de capital de até R$ 5 milhões, sendo tributados em 15%.

Quais as novas alíquotas a partir de 2017?

Tabela do Imposto de Renda com reajuste de 5%

Base de Cálculo (R$) Alíquota (%) Parcela a deduzir do IR (R$)
Até R$ 1.999,18 Isento
De R$ 1.999,19 até R$ 2.967,98 7,5% R$ 149,94
De R$ 2.967,99 até R$ 3.938,60 15% R$ 372,54
De R$ 3.938,61 até R$ 4.897,91 22,5% R$ 667,93
Acima de R$ 4.897,92 27,5% R$ 912,83

Ganhos de capital

Base de Cálculo (R$) Alíquota (%)
Até R$ 5 milhões 15%
De R$ 5 milhões até R$ 10 milhões 17,5%
De R$ 10 milhões até R$ 30 milhões 20%
Acima de R$ 30 milhões 22,5%

Herança

Base de Cálculo (R$) Alíquota (%)
 Até R$ 5 milhões Isento
De R$ 5 milhões até R$ 10 milhões 15%
De R$ 10 milhões até R$ 20 milhões 20%
Acima de R$ 25 milhões 25%

Doações

Base de Cálculo (R$) Alíquota (%)
Até R$ 1 milhão Isento
De R$ 1 milhão até R$ 2 milhões 15%
De R$ 2 milhões até R$ 3 milhões 20%
Acima de R$ 3 milhões 25%

Optantes pelo Regime Tributário do Simples Nacional e Lucro Presumido

A tributação será de 15% sobre a distorção entre o lucro presumido e o lucro contábil.

Direito de imagem e voz

Aplicação de 100% nos rendimentos da cessão destes direitos sem aplicação do percentual de presunção.

E então, nosso post foi útil? O que achou das novas alterações do Imposto de Renda 2017? Quer saber mais sobre o assunto? Deixe a sua pergunta nos comentários abaixo.

banner-GB-2

Leia também:

– Compare 6 opções de empréstimo pessoal online
 As 4 melhores planilhas de gastos pessoais para o seu dinheiro
 Planilha de gastos no Excel ou controle financeiro online?
 Planilha de gastos mensais: como fazer?

Comente!

comentários

 
 

Dyon Enedi comentou:

Muito boa e esclarecedor, bora preparar o IR de 2016.

21/12/2016, 08:23

Raphael Alves do Amral comentou:

Bom dia!

Primeiramente, parabéns pelo site!
Vocês tem a informação se sairá uma Tabela Progressiva do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) para o ano de 2017?

Desde já agradeço,
Raphael Alves do Amaral

12/01/2017, 11:37

    GuiaBolso comentou:

    OI, Raphael

    Tudo bem? A tabela é esta daqui:

    Base de cálculo (R$)/ Alíquota (%)/ Parcela a deduzir do IRPF (R$)
    Até 22.847,76/ 0/ 0
    De 22.847,77 até 33.919,80/ 7,5%/ R$ 1.713,58
    De 33.919,81 até 45.012,60/ 15%/ R$ 4.257,57
    De 45.012,61 até 55.976,16/ 22,5%/ R$ 7.633,51
    Acima de 55.976,16/ 27,5%/ R$ 10.432,32

    Você acha outras informações no site da Receita Federal.

    =)

    13/01/2017, 10:14

Ricardo comentou:

Não consigo achar a tabela 2017 no site da receita federal, essa informação é confiável, confirme se estou errado, agradeço.

14/02/2017, 15:46

 

Baixe agora o aplicativo de
controle financeiro do GuiaBolso!

Baixe na AppStore Baixe na Google Play