Entenda o que é o dólar de viagem!

61066-entenda-o-que-e-o-dolar-de-viagem

banner-mktplacedireto-2

61066-entenda-o-que-e-o-dolar-de-viagemPensando em viajar para o exterior nos próximos meses ou no feriado de Carnaval? Um dos pontos a serem providenciados é a compra de dólar de viagem. Mas não se assuste se ficar confuso quando chegar em uma casa de câmbio. Existem mais de uma taxa de câmbio.

As taxas do dólar de viagem e o comercial são totalmente distintos, o que acaba confundido o consumidor. A taxa de câmbio é flexível no Brasil, e isso quer dizer que as casas de câmbio e as instituições autorizadas podem praticar o preço que quiserem. Dessa forma, as instituições podem cobrar diferentes taxas para o mesmo tipo de dólar, dependendo da forma como a moeda será vendida. Entenda alguns pontos sobre isso:

Diferenças entre o dólar de viagem e o comercial

O dólar comercial é o que mais vemos nos jornais, e é utilizado para realizar transações comerciais (como a compra e vendas de mercadorias, por exemplo) e contratos financeiros por empresas do exterior.

Quando uma pessoa vai comprar a moeda para viajar, o que vale é a cotação do dólar turismo, que geralmente fica entre 10 e 15 centavos mais cara que a a cotação do dólar comercial.

Quando observar a cotação, verá que há dois tipos de taxas:

  • Taxa de venda: é o preço cobrado pelas instituições financeiras para vender a moeda;
  • Taxa de compra: é o preço cobrado pelas instituições/casas de câmbio ao comprarem a moeda;

Tipos de dólar

Comercial

É a cotação utilizada pelas empresas para realizar transações comerciais, geralmente na importação e exportação de produtos. Sua cotação pode mudar diversas vezes em um dia.

Paralelo

É a cotação que circula no mercado paralelo, ou seja, quando a moeda é operada por instituições não autorizadas pelo Banco Central. É geralmente comercializado sem permissão e, embora seja comum, é considerado ilegal. Sua cotação é geralmente maior que a do comercial.

Turismo

É a cotação utilizada para a venda da moeda para pessoas que vão custear viagens ou tratamentos de saúde no exterior. Sua cotação pode mudar várias vezes por dia e, geralmente, o valor praticado é maior do que o comercial.

Impostos sobre a moeda cobrada

Antes de comprar a moeda, é necessário calcular qual será o valor do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF). O IOF é o imposto cobrado para quem compra a moeda estrangeira em espécie ou faz transações, no débito ou crédito, no exterior. De acordo com a transação realizada, a alíquota varia. Confira a seguir:

  • Compra de moeda: IOF de 0,38% sobre o valor total da compra;
  • Compras no cartão de débito e pré-pagos: IOF de 6,38% sobre o valor total do cartão;
  • Compras no cartão de crédito: IOF de 6,38% sobre o valor total do cartão.

Se a compra for realizada em uma moeda diferente do dólar, então os valores serão convertidos para a moeda estrangeira e o cálculo será realizado a partir dessa conversão.

Para quem está prestes a viajar, conhecer como funciona o dólar de viagem é essencial para comprar a moeda obtendo a melhor relação entre custo e praticidade. Para garantir o melhor câmbio, pesquise bastante entre diferentes casas de câmbio. Alguns sites como o Melhor Câmbio ajudam nesta tarefa de comparação.

E você, já realizou alguma transação do tipo? Está prestes a comprar a moeda? Deixe um comentário e compartilhe sua experiência com a gente!

banner-mktplacedireto-1

Leia também:

– Compare 5 opções de empréstimo pessoal online
 As 4 melhores planilhas de gastos pessoais para o seu dinheiro
 Planilha de gastos no Excel ou controle financeiro online?
 Planilha de gastos mensais: como fazer?

Comentários

comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *