GuiaBolso: suas finanças organizadas em 2 minutos Começar.
 

Como escolher o melhor investimento em 2017? Saiba aqui!

banner-mktplacedireto-2

66808-como-escolher-o-melhor-investimento-em-2017-saiba-aquiDepois da crise que acertou o Brasil em cheio nos últimos anos, muita gente está na expectativa para 2017. Será que a economia vai melhorar? Vale a pena investir esse ano? Como escolher o melhor investimento?

A verdade é que qualquer época pode ser boa para os investimentos, desde que você entenda quais são as oportunidades do momento. Mas, de todo modo, o ano de 2017 está trazendo um cenário ainda mais otimista. Afinal, o país começa a dar sinais de recuperação e as taxas de juros já estão caindo.

Quer conferir nossas dicas para escolher suas aplicações nesse ano? Continue lendo!

Como escolher o melhor investimento?

Antes de tudo, é importante conhecer os 4 fatores que todo investidor precisa levar em conta na hora de aplicar seu dinheiro. Esses fatores sempre estão presentes e fazem parte da sua escolha, mesmo que inconscientemente. Talvez você até já tenha investido dinheiro no passado sem levá-los em consideração, mas saiba que eles estão lá. Veja a seguir quais aspectos são esses:

1. Liquidez

É a facilidade de resgatar o dinheiro. Alguns investimentos têm liquidez diária (podem ser resgatados a qualquer momento), enquanto outros podem ficar “congelados” por anos. Tudo depende do seu objetivo. Na hora de montar uma reserva de emergência, por exemplo, é fundamental contar com a liquidez. Por outro lado, caso você deseje investir para a aposentadoria, seu resgate pode esperar muito mais tempo, certo?

2. Risco da aplicação

É o risco de perder dinheiro. O Tesouro Direto, por exemplo, é considerado o investimento mais seguro do Brasil. Já no mercado de ações, os riscos são mais altos.

3. Rendimento esperado

Quer previsibilidade? No caso da renda fixa (títulos públicos e privados, CDB, LCI, LCA, etc), você conhece o rendimento — ou ao menos a forma de cálculo — no momento da aplicação. Já se você estiver disposto a correr mais riscos, pode investir em renda variável (ações) em que a rentabilidade não é conhecida no ato da compra.

4. Valor mínimo para a aplicação

Também chamado de “tíquete”, é a quantia mínima que você precisa investir (e isso pode ter relação com a rentabilidade). Por exemplo: a poupança não tem tíquete mínimo, mas oferece rendimentos muito baixos. É importante lembrar que, dificilmente, você encontrará um investimento perfeito (que contemple os 4 fatores acima). Por isso, o ideal é priorizar os aspectos que são mais importantes para você.

Expectativas na economia

As expectativas para o ano de 2017 são boas: a economia tende a se estabilizar e os investidores internacionais estão voltando a acreditar no Brasil. Com isso, as empresas devem crescer, gerando um clima positivo na bolsa de valores.

Outro ponto importante é a queda dos juros, que deve trazer oportunidades tanto na renda variável como na renda fixa. Junto a isso, alguns setores específicos (como o imobiliário) voltam a ter condições de crescer.

Onde investir em 2017

Com base nos diferentes perfis de aplicações e nas previsões do mercado para esse ano, confira abaixo alguns investimentos que estarão em alta:

Ações

Muitas empresas brasileiras devem se recuperar ao longo do ano (e crescer ainda mais em 2018). Portanto, esse é um bom momento para comprar ações e esperar um aumento de rentabilidade para o próximo ano. Isso claro se você conhecer um pouco sobre o mercado e estar seguro de que tem um perfil que aceita correr riscos. 

Tesouro Prefixado

É um título público disponível pelo Tesouro Direto. Sua rentabilidade é conhecida no momento da compra do título e é baseada na taxa de juros atual. Como os juros tendem a cair ao longo do ano, é possível comprar o Tesouro Prefixado agora e “congelar” a rentabilidade enquanto ela ainda está um pouco alta.

LCI e LCA

São as letras de crédito do setor imobiliário e do agronegócio. Com a recuperação da economia, esses dois setores vão se fortalecer, abrindo mais oportunidades para aplicar o dinheiro e obter boa rentabilidade.

Não existe uma verdade absoluta sobre o melhor investimento para 2017. Depende do seu perfil e objetivo. Ainda assim, existem algumas aplicações indicadas e você pode tomá-las como ponto de partida.

Se você gostou desse artigo, compartilhe em suas redes sociais. Assim, seus amigos também vão poder investir com sucesso em 2017!

banner-mktplacedireto-1

Leia também:

– Compare 5 opções de empréstimo pessoal online
 As 4 melhores planilhas de gastos pessoais para o seu dinheiro
 Planilha de gastos no Excel ou controle financeiro online?
 Planilha de gastos mensais: como fazer?

Comente!

comentários

 
 

 

Baixe agora o aplicativo de
controle financeiro do GuiaBolso!

Baixe na AppStore Baixe na Google Play