5 dicas para negociar dívidas do cartão de crédito

cartão de crédito

banner-mktplacedireto-2
cartão de créditoO cartão de crédito é uma maneira prática e fácil de pagar as despesas e faz parte da vida de muita gente. Ainda assim, é normal abusar dessa comodidade e extrapolar os gastos, gerando dívidas difíceis de serem pagas. Se você está em apuros com o cartão e procura algumas dicas para negociar dívida, veio ao lugar certo!

Todo mundo sabe que deixar a dívida do cartão de crédito acumular não é uma boa ideia porque ela pode se transformar em uma bola de neve. Por isso, preparamos este post para te ajudar a sair dessa. Acompanhe nossas dicas!

A importância de negociar a dívida do cartão de crédito

Mesmo com as novas regras anunciadas em 2017, o cartão de crédito tem uma das maiores taxas de juros do mercado, beirando os 500% ao ano. Isso significa que uma dívida baixa pode, rapidamente, se tornar uma grande dor de cabeça. Por isso, evite pagar o valor mínimo da fatura e tente arcar com o valor total.

No entanto, se as suas contas acabaram saindo do controle e você adquiriu uma dívida, ainda existem saídas. As administradoras de cartões entendem que o valor pode ficar impraticável para muita gente e, por isso, elas têm o costume de renegociar a dívida.

Se você contraiu uma dívida no cartão, não perca tempo e tente negociar o quanto antes, evitando que os juros continuem multiplicando o valor a ser pago. Para garantir a melhor negociação, utilize alguns truques.

Leia também:

– Compare 5 opções de empréstimo pessoal online
 As 4 melhores planilhas de gastos pessoais para o seu dinheiro
 Planilha de gastos no Excel ou controle financeiro online?
 Planilha de gastos mensais: como fazer?

5 dicas para negociar dívida do cartão

Veja 5 dicas para extrair o melhor resultado da negociação!

1. Faça as contas

Antes de mais nada, saiba exatamente qual o valor da dívida inicial, quanto já foi pago e qual o valor atualizado dos juros. Com essas informações em mãos, você saberá se a negociação está sendo justa. Também reveja seu orçamento e defina quanto você pode pagar por mês.

2. Entre em contato com a central do cartão de crédito

Entre em contato com a central do cartão de crédito e informe que você deseja renegociar a dívida. O contato pode ser por telefone ou pessoalmente, o importante é que você demonstre interesse em resolver a situação.

3. Converse até receber uma boa oferta

Provavelmente, a empresa administradora fará uma ou algumas ofertas nada vantajosas para você, como continuar pagando o valor mínimo, o que deve ser evitado a todo custo.

Como você já fez as contas, saberá dizer se a oferta vale a pena ou não. Normalmente, as administradoras são flexíveis e aceitam receber contrapropostas. Por isso, não desista da negociação até obter uma boa oferta.

4. Negocie o pagamento em parcelas fixas

Prefira fechar um acordo em que você pagará parcelas mensais fixas. Assim, ficará mais fácil saber o custo efetivo total (CET) e planejar o seu orçamento. Fuja das opções em que as parcelas aumentam com o tempo e os juros do cartão continuam contando.

5. Troque a dívida por outra com taxa menor

Muitas vezes, os juros do cartão são tão altos que não dá para pagar nem mesmo negociando. Nesse caso, estude a possibilidade de adquirir um empréstimo com juros mais baixos. Assim, você pode pagar o cartão à vista e fugir das taxas exorbitantes cobradas nele.

Por fim, ressaltamos que a melhor saída é sempre o planejamento financeiro. Cuide das suas finanças e do seu orçamento para evitar desperdiçar seu dinheiro pagando juros.

Gostou das nossas dicas para negociar dívida? Continue navegando pelo blog e confira tudo sobre cobrança indevida: o que é e como lidar!
banner-mktplacedireto-2

Comentários

comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *