Entenda o que influencia a cotação do dólar turismo

cotacao_dolar_comercial

banner-mktplacedireto-2

Quando a gente pensa em viajar pra fora do país uma das primeiras coisas que passa pela nossa cabeça é o dólar. Uma cotação do dólar turismo muito alta pode até fazer a gente adiar nossos planos pra juntar mais grana. E hoje você vai entender o que influencia afinal a cotação da moeda.

Mesmo que você não entenda como a economia mundial funciona, sua vida é influenciada por ela. Quando o dólar sobe muito, o preço de mercadoria importada, como o trigo usado pra fazer o seu pãozinho francês de todo dia, por exemplo, também fica mais caro.

Mas isso leva a uma pergunta: por que a cotação do dólar comercial e turismo sobe ou desce em determinado momento? Vamos às respostas:

Leia também:

– Compare 5 opções de empréstimo pessoal online
As 4 melhores planilhas de gastos pessoais pro seu dinheiro
 Planilha de gastos mensais: como fazer?

 Planilha de gastos no Excel ou controle financeiro online?
 Planilha de gastos mensais: como fazer?

1. Crises internacionais

Não faz sentido pensar que a economia de um país grande, seja ele o Brasil, a Alemanha ou a China, não tem influência alguma no resto do mundo. O isolamento econômico não está mais entre nós. Por isso que você vê e ainda verá muitas notícias sobre outros países passando por crises econômicas: pois saber disso aqui é importante pra cotação do dólar turismo.

O Brasil tem pessoas investindo em outros lugares, assim como recebemos investidores internacionais. No momento em que algum país entra em crise, os investimentos ficam mais arriscados. Investidores podem tirar o dinheiro daquele país e assim influenciar a cotação do dólar comercial e de turismo.

A conta que ninguém te conta!
A gente vai te dar hoje um jeito bem fácil de você acompanhar o seu cartão de crédito e não se perder na conta da fatura. Conecte seus cartões ao aplicativo Guiabolso. Sempre que tiver um gasto novo, o app atualiza automaticamente suas despesas e você não precisa ficar anotando nada!

2. Economia dos EUA

É impossível pensar a cotação do dólar sem pensar nos Estados Unidos. Mesmo que nem todos gostem de admitir, esse é um país muito poderoso em termos econômicos. Pra começar, a moeda americana é o parâmetro de comparação entre todas as outras.

Se a economia dos EUA vai bem, investidores correm pra aplicar lá. Afinal, é seguro. Se ela começa a desandar, pode acontecer o contrário. Mas enfim, toda vez que os EUA soluçam é bom segurar o cinto porque a cotação do dólar turismo vai mudar.

3. Aversão ao risco

Esse é um pouco mais complicado, já que depende da opinião do mercado. Você deve ter notado que sempre que um governante novo ou de uma base diferente é eleito (Obama, Lula, Temer, Trump, Bolsonaro e por aí vai) a economia balança um pouco? Isso é resultado dos investidores correndo pra um lugar seguro até terem certeza do que vai acontecer.

Quando um governo novo chega, pode ser que toda a dinâmica de investimentos públicos se altere, o que gera um risco na economia. Afinal, esse novo presidente vai gastar mais, menos, mudar alguma regra importante?

Toda essa insegurança faz a moeda local começa a ser trocada por outras, mas principalmente pelo dólar. Essa saída de investidores, consequentemente, afeta a cotação, mesmo que por um período pontual. Ah, mas vale lembrar que também pode acontecer o contrário se o mercado e investidores acharem que a pessoa que está entrando será muito boa pra economia.

Agora você entende alguns dos fatores que podem mexer com a cotação do dólar turismo ao redor do mundo. Se você quiser continuar acompanhando nossas informações, assine nossa newsletter e fique sempre por dentro de nossas novidades.

banner-mktplacedireto-2

Comentários

comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *