GuiaBolso: suas finanças organizadas em 2 minutos Começar.
 

Por que os juros são altos no Brasil? Entenda aqui!

banner-mktplacedireto-2

Se você já recorreu a qualquer tipo de crédito alguma vez, sabe que a seguinte afirmação é mais que verdadeira: o Brasil tem, frequentemente, a maior taxa de juros reais do mundo. Essa realidade acontece mesmo em meio a um ciclo de redução da taxa básica de juros, a Selic. Mas, afinal, por que os juros são altos?

A verdade é que a resposta para essa pergunta é mais complexa do que parece. Deve-se levar em conta vários fatores para entender as razões de pagarmos muito caro pelos recursos solicitados. Entenda melhor sobre o que faz com que essa taxa seja tão elevada!

Leia também:

– Compare 5 opções de empréstimo pessoal online
 As 4 melhores planilhas de gastos pessoais para o seu dinheiro
 Planilha de gastos no Excel ou controle financeiro online?
 Planilha de gastos mensais: como fazer?

O déficit de gastos do governo brasileiro tem grande influência

Se você gasta mais do que recebe em um mês, provavelmente ficará em apuros financeiros. Ao fazer isso praticamente durante todo o ano, sistematicamente, você se torna um devedor cujo débito só tende a aumentar.

Esse exemplo simples é uma representação do que acontece com o governo brasileiro. Ao longo do tempo, o Brasil tem encontrado dificuldades para gastar menos do que arrecada. Como o orçamento tem ficado mais estourado do que dentro dos limites, o resultado é o aumento do déficit.

Isso faz com que a máquina do Estado tenha que procurar cada vez mais recursos em outras fontes que não a arrecadação, como títulos públicos e setor privado. Com isso, a oferta de crédito cai e o valor dos juros aumenta.

Os riscos envolvidos sobre o Brasil também geram dificuldades

Ainda é importante pontuar que esse desequilíbrio fiscal diminui a confiança de investidores e fontes de recursos externas em relação ao Brasil. Afinal, todos querem diminuir o risco de sofrer com um calote e se o governo gasta mais do que tem, o prognóstico não é nada bom.

Com isso, o Brasil se vê diante de financiamentos externos que não possuem condições tão favoráveis. E, aí, você já sabe: aumenta a busca por recursos no setor privado, diminuindo o crédito disponível e jogando a taxa lá para cima.

A concentração bancária contribui para os valores elevados

Outro fator que ajuda a explicar por que os juros são altos é a concentração bancária. No Brasil, são poucas as grandes instituições que têm a maior parte do controle sobre o sistema bancário.

Tal cenário faz com que, sem concorrência, as taxas fiquem relativamente constantes e alinhadas — e tudo isso em um valor elevado. É por esse motivo que, quando um novo banco surge com uma proposta diferenciada, os valores tendem a ser menores.

Além desse ponto, há uma questão ligada ao spread bancário — que é a margem de lucros dos bancos —, aos custos operacionais e com impostos e às regulamentações do Banco Central.

Com isso, a taxa não é definida apenas pela oferta e pela procura, mas, também, por essa complexa malha de custos e fatores.

O comportamento do brasileiro não fica de fora

Em 2016, o Brasil fechou o ano com mais de 53 milhões de inadimplentes. Naturalmente, essa é uma questão que causa influência não apenas na oferta de crédito para quem tem dívidas, mas para toda a economia.

Como o comportamento do brasileiro ainda é de pouco planejamento financeiro e muita inadimplência, os bancos atuam para se proteger na hora de oferecer crédito. Com isso, precisam aumentar os juros para cobrir possíveis atrasos e faltas de pagamento.

Considerando esses elementos, que vão do comportamento do governo ao do consumidor, é possível entender por que os juros são altos. Sendo assim, é preciso que haja uma transformação estrutural para que essa situação mude. Qual é a sua opinião sobre o tema? Comente e participe!

banner-mktplacedireto-2

Comente!

comentários

 
 

 

Baixe agora o aplicativo de
controle financeiro do GuiaBolso!

Baixe na AppStore Baixe na Google Play