GuiaBolso: suas finanças organizadas em 2 minutos Começar.
 

Entenda as diferenças entre empréstimo e financiamento!

banner-mktplacedireto-2

Você sabia que empréstimo e financiamento são coisas diferentes? Sim, apesar de muitas pessoas tratarem os termos como sinônimos, tratam-se de modalidades de crédito distintas, cada uma com suas peculiaridades e mais adequada para determinadas ocasiões.

Para escolher a opção certa para suas necessidades, é preciso conhecer as características de cada uma delas. Neste artigo, vamos ajudar você a tirar as suas dúvidas e entender, de uma vez por todas, as diferenças entre empréstimo e financiamento. Acompanhe!

As diferenças entre empréstimo e financiamento

A diferença essencial entre as duas modalidades está na finalidade do crédito. Há características bem distintas, também, em relação às taxas aplicadas e a burocracia envolvida.

Leia também:

– Compare 5 opções de empréstimo pessoal online
 As 4 melhores planilhas de gastos pessoais para o seu dinheiro
 Planilha de gastos no Excel ou controle financeiro online?
 Planilha de gastos mensais: como fazer?

Empréstimo

A característica mais notável do empréstimo, em comparação ao financiamento, é a liberdade. Você não precisa justificar para a instituição financeira a destinação que dará ao dinheiro emprestado, bastando apenas efetuar os pagamentos dentro do prazo definido.

A liberação de um empréstimo é mais simples e rápida. Você será submetido à análise de crédito do banco que, conforme a avaliação, fornecerá o crédito, sem a exigência de garantias.

Por outro lado, e justamente por tamanha facilidade, no empréstimo os juros são mais elevados. O fator mais importante para definir a taxa de juros de uma operação de crédito é o seu grau de risco para a instituição financeira. No caso do empréstimo, se houver inadimplência, o banco terá que arcar com o prejuízo.

Financiamento

Mais utilizado para operações que envolvem valores mais elevados, o financiamento tem regras mais rígidas. Sua finalidade específica deverá ser indicada já na assinatura do contrato, sendo relevante até mesmo para definir a linha a ser contratada.

Juros mais baixos e prazos mais longos são outras características que distinguem um financiamento de um empréstimo. Como o bem ou o produto financiado servirá como garantia para o banco, que o poderá pegar em caso de inadimplência, a operação é mais segura e, consequentemente, as condições se tornam mais favoráveis.

Até mesmo pelos valores envolvidos, a contratação de um financiamento é mais burocrática. Além da análise de crédito do tomador, que será mais rigorosa, o bem a ser adquirido também será avaliado, devendo preencher obrigatoriamente certos requisitos. O financiamento imobiliário é um bom exemplo para entender esta dinâmica: antes da assinatura do contrato, o imóvel é submetido a uma vistoria.

A liberação do crédito e as situações indicadas para cada modalidade

Outra diferença significativa entre o empréstimo e o financiamento está na liberação do crédito. No primeiro caso, o dinheiro é entregue para você, que terá o poder de decidir em que e como utilizá-lo. No financiamento, os recursos vão diretamente para o vendedor do bem ou produto financiado.

Apesar de não ser propriamente uma regra, podemos dizer que o empréstimo é mais indicado para situações imediatas, como para quitar uma dívida. O financiamento, por oferecer condições melhores, é uma opção melhor para quem pretende adquirir bens específicos e de valor mais elevado, como imóveis e veículos.

Agora que você conhece as diferenças entre empréstimo e financiamento, pode escolher com mais propriedade a operação de crédito ideal para suas necessidades. Não se esqueça de que o planejamento financeiro é sempre importante para o sucesso de seus negócios.

Se você gostou das dicas e quer compartilhar suas experiências e dúvidas, deixe seu comentário no post!

banner-mktplacedireto-2

Comente!

comentários

 
 

 

Baixe agora o aplicativo de
controle financeiro do GuiaBolso!

Baixe na AppStore Baixe na Google Play