GuiaBolso: suas finanças organizadas em 2 minutos Começar.
 

Saiba como quitar uma dívida com desconto e sair da inadimplência

620x100-gradiente

Quem já esteve endividado sabe como é boa a sensação de quitar uma dívida. Ainda mais quando, além de se livrar do débito, se consegue um bom desconto.

Sim, é possível, inclusive com previsão em lei, obter um abatimento ao liquidar os débitos, mas é preciso saber negociar. Continue a leitura e descubra como quitar dívida com desconto!

Faça um planejamento

Antes de quitar a dívida, um bom planejamento é fundamental. Entenda a origem do endividamento e tenha certeza de que seu comportamento financeiro mudou. Afinal, ninguém quer correr o risco de se endividar novamente.

Se a intenção for renegociar a dívida, é importante que você se assegure de que terá condições de manter os pagamentos em dia. Coloque no papel sua renda e suas despesas e elimine todos os gastos supérfluos. Só depois de fazer isso é que você deve propor um valor para o pagamento mensal.

Tenha em mente que, ao quitar a dívida, seu nome ficará limpo, com acesso irrestrito a novas linhas de crédito. Portanto, é preciso manter a disciplina para não se endividar novamente.

Leia também:

– Compare 5 opções de empréstimo pessoal online
 As 4 melhores planilhas de gastos pessoais para o seu dinheiro
 Planilha de gastos no Excel ou controle financeiro online?
 Planilha de gastos mensais: como fazer?

Esteja preparado para negociar

Lembre-se que, ao pagar uma dívida, você está tomando uma iniciativa que não é das mais comuns. Os bancos têm metas em relação à recuperação de valores e você pode usar isso a seu favor. Não ceda imediatamente à primeira oferta do banco, sem antes negociar.

Inicialmente, os bancos tentarão cobrar 100% dos juros, o que faz parte da negociação. Insista e seja paciente: após as primeiras tratativas, os cobradores começarão a ceder e a oferecer descontos, afinal, eles só conseguirão recuperar o dinheiro se você efetivamente pagar a dívida.

Por mais que você tenha pressa em limpar o nome, insista até conseguir um desconto maior. Não será possível eliminar totalmente a cobrança de juros, mas podem ocorrer avanços significativos.

Dite as regras da negociação

Aqui entra a importância do planejamento. Você, e não os credores, é quem deve estabelecer as condições de pagamento. Por isso, é importante apresentar uma proposta concreta e que seja possível de cumprir.

Alguns itens que devem ficar claros: o valor máximo que você pode pagar por mês, o desconto necessário para pagar à vista e a garantia de que o credor cumprirá com o combinado. Defina as condições a serem aceitas para começar, de imediato, a quitar a dívida com desconto.

Evidentemente, é importante formalizar o que foi acordado, para evitar surpresas desagradáveis. Se a negociação foi feita de forma presencial, peça para que o gerente forneça as condições por escrito ou as envie por e-mail e, caso a cobrança seja por telefone, mantenha anotado o número do protocolo.

Fique atento aos juros altos

São muitos os casos em que as instituições financeiras cobram juros altos. Especialmente quando há dificuldades em avançar nas negociações, você pode buscar na Justiça seus direitos. Embora seja mais demorado, é um meio de garantir um desconto justo.

Ao negociar com os credores, não se esqueça de que você teve ciência das condições ao contrair a dívida e, consequentemente, carrega sua parcela de responsabilidade. Nem sempre será possível satisfazer às suas necessidades. Portanto, busque o equilíbrio nas negociações.

Por outro lado, saiba que o Código de Defesa do Consumidor garante o direito ao abatimento dos juros no saldo devedor e proíbe a cobrança de tarifas de liquidação antecipada.

Como vimos, é possível quitar dívida com desconto obtendo condições mais justas. Faça um planejamento realista, esteja sempre disposto a negociar e utilize a seu favor o fato de que, com o cenário financeiro atual, as instituições financeiras estão mais propensas a facilitar as negociações.

Então, o artigo foi útil para você? Já conseguiu quitar uma dívida com desconto? Conte-nos sua experiência nos comentários!

620x100-gradiente

Comente!

comentários

 
 

Cleusa maria da silva comentou:

Tinha uma divida no cartao de credito BB.e quando fui quitar informaram que minha divida estava em uma financiadora de nome Ativos entao na epoca fui informada que pagaria o debito com desconto.
O que eu nao sabia por conta desse desconto ficaria com residual desse desconto.
Agora a tal financiadora nao aceita negociar e exige que pague o residuo integral, que nessa altura ja esta.maior do que ja paguei…
Tenho como reverter isso..?

12/07/2017, 14:46

    Guia Bolso comentou:

    Oi, Cleusa!
    É difícil dar uma resposta sem saber mais detalhes sobre o seu caso. Mas recomendo que você procure a instituição financeira e a empresa de cobrança terceirizada com os comprovantes e tente entender a situação.
    Abração,

    12/07/2017, 18:14

Delminda comentou:

Muito boa a explicação!!
Perguntei ao gerente do meu banco sobre quitar um empréstimo , se os juros seriam reduzidos das parcelas, ele disse NÃO!!
AGORA SEI QUE SIM!!
Sa%°¥¶¢£😠

12/07/2017, 14:57

Nadir Damaceno de Araujo comentou:

Preciso fazer um emprestimo pois estou com problema de saude mas até agora nāo encontrei uma empresa q fizesse um emprestimo para mim. Me ajudem por favor

12/07/2017, 16:45

Jose Carlos Gomes comentou:

Boa tarde.
Usei o cartão de credito da minha cunhada, e por motivos que agora não vem ao caso, uma divida de aproximadamente 1.600,00 foi gerando juros até chegar ao valor de 3.800,00. No parcelamento automatico, após dois meses seguidos sem pagar o total do cartao ( porem pagava bem mais da metade da fatura total e nunca o minimo cerca de 60/70% ), ela, negociou erroneamente 4×2.106,00. Valor que achei e acho muito alto. Juros absurdos. Consegui pagar a primeira parcela, mas não consigo pagar as demais. Posso renegociar esse valor, sem que parta a renegociação em cima do saldo que ficou das 3×2.106,00? Sinceramente, tem como fazer essa renegociação? Juros abusivos…Mais de 100%.

Já nem durmo mais pensando nisso…
Stress / depressão / irritação…sem contar q estou trabalhando pra tentar pagar esta divida apenas…

Obrigado;

12/07/2017, 17:00

    Guia Bolso comentou:

    Oi, José!
    Poxa, entendo que essa situação é chata mesmo. Primeiro, quero dizer que não posso falar em nome da sua instituição financeira e que cada caso é um caso, ok?
    Respondendo a sua pergunta: sim, é relativamente comum conseguir um desconto quando a dívida chega a situações como a sua. Claro que, mais uma vez, isso depende de uma série de fatores. Mas procurar a sua instituição financeira e dizer que deseja pagar, mas não consegue nos termos atuais, é um sinal de boas intenções e deve te ajudar nessa negociação.
    Boa sorte!

    12/07/2017, 18:10

Dolores maria koch comentou:

oi preciso de um empréstimo para pagar dividas a divida está em torno 10.000 se puderem me ajudar.obrigada desde já

12/07/2017, 23:27

    Guia Bolso comentou:

    Olá, Dolores!
    Você pode acessar nosso site e fazer uma simulação para saber se temos uma oferta para você. Basta seguir o passo o passo:
    https://www.guiabolso.com.br/emprestimo/
    abs,

    13/07/2017, 11:24

Elenita de castro comentou:

Precisando de um empréstimo pra quita divoda pode me ajuda

13/07/2017, 00:15

    Guia Bolso comentou:

    Oi, Elenita, como vai?
    Você pode acessar nosso site e fazer uma simulação para ver se temos uma oferta para você. Basta seguir o passo a passo:
    https://www.guiabolso.com.br/emprestimo/
    abração,

    13/07/2017, 11:20

Aristides R. Santos comentou:

Essa historia de dar o número da conta e agência tudo bem; Mas dar a senha é temerario , nesses dias de tanta malandrage, esse tipo de coisa tem que ser mano a mano, olho no olho ,não da para confiar de dar a minha senha a quem eu não estou vendo….

Se me derem o enderêço ai sim podemos conversar..

OBRIGADO!!!

14/07/2017, 08:23

    Guia Bolso comentou:

    Oi, Aristide!
    Nos dias de hoje, de fato é sempre importante pesquisar bastante antes de contratar um empréstimo pessoal, por isso te entendo 🙂 O Just é correspondente bancário do Sorocred e nós já temos mais de 10 mil clientes. Estamos na Av. Brigadeiro Faria Lima, 1656 9º B – Jd. Paulistano – São Paulo – SP – Cep: 01451-918. Se você tiver alguma dúvida é só avisar!
    abração,

    14/07/2017, 16:59

 

Baixe agora o aplicativo de
controle financeiro do GuiaBolso!

Baixe na AppStore Baixe na Google Play