GuiaBolso: suas finanças organizadas em 2 minutos Começar.
 

10 lições de finanças que aprendemos em ‘Stranger Things’

banner-mktplacedireto-2

Que Halloween, que nada! A grande expectativa pro fim de outubro – mais especificamente para esta sexta-feira, 27 – é a estreia da segunda temporada do Stranger Things, na Netflix. Prepara o balde de pipoca porque, além de um bom suspense e aventura, o seriado já nos ensinou muitas lições de finanças. Tá duvidando? Separamos 10 aprendizados sobre dinheiro tiradas da primeira temporada de Stranger Things.

ALERTA DE SPOILER: Se você ainda não viu a primeira temporada, este post pode ser um problema. O que foi lido não pode ser deslido!

1. Tenha uma reserva de emergência

O que fazer quando a sua casa se torna um portal para uma dimensão alternativa habitada por um monstro (o Demogorgon) e, nesse entre e sai de mundos, fica tudo uma bagunça? Acione a reserva de emergência! Imprevistos dos grandes, mesmo aqueles que você acha impossível, acontecem e é preciso ter um dinheiro guardado pra eles. A recomendação é reservar entre três e seis meses de gastos nesse “colchão de segurança”.

2. Não desista de seus objetivos

Pode parecer bem difícil acreditar que um grupo de crianças e uma garota com poderes psicocinéticos poderiam acessar um projeto megasecreto do governo dos EUA e entrar por uma passagem em um mundo invertido. But yes, they can! Eles não só conseguem, como resgatam o amigo perdido, o menino que um monte de gente já estava dando como morto. Nas suas finanças, tenha um objetivo e não desista dele. Se planeje para alcançá-lo.

Leia também:

+ 50 dicas para aprender como economizar dinheiro

Organizar as finanças: 5 filmes que vão te ajudar

4 erros financeiros que podem ser a ovelha negra do seu orçamento

3. Não trabalhe sozinho

A união faz a força em Stranger Things. Cada personagem acaba se tornando fundamental em algum momento do resgate de Will. Todos têm pontos altos e baixos, mas sabem trabalhar em grupo. Com o seu dinheiro também deve ser assim. Nem sempre o empréstimo do banco onde você tem conta será o mais barato, ou o investimento que você já faz é o mais rentável. Você deve procurar tirar o melhor de cada opção disponível no mercado. Pesquisar e entender as diferenças de produtos são a chave nesse ponto. 

4. É preciso enfrentar os medos

Ninguém disse que as crianças de Stranger Things não tiveram medo. Até Eleven se mostra bem reticente com o plano de voltar ao laboratório onde ela foi treinada para resgatar o amigo perdido. Mas no fim, os medos são enfrentados. Nas finanças, o medo de mudar a carteira de produtos onde investe ou o crédito que já utiliza (cheque especial e cartões de crédito, por exemplo), ou mesmo de achar difícil entender algo novo, petrificam, paralizam. Para conseguir atingir seus objetivos, você deve enfrentar os receios para conseguir melhores produtos.

5. Atenda ao telefone

Ninguém poderia ter mais medo do telefone do que Joyce Byers. Mas ela sempre o atende para tentar descobrir alguma pista sobre o filho desaparecido que respira na outra ponta da linha. Nas finanças, você não pode fugir das cobranças caso esteja devendo dinheiro. Você precisa enfrentar este receio para acabar com o problema. E o primeiro passo para isso é descobrir quanto está devendo e como pode fazer para negociar o valor.  

6. Não julgue um livro pela capa

No início da primeira temporada, conhecemos Nancy e Steve, um típico casal estereotipado: jovens, classe média e egoístas. Ao longo da série, porém, os dois personagens se desenvolvem e descobrimos características diferentes. Steve chega até a lutar contra o monstro junto com Nancy e Jonathan, o novo crush da garota. Esteriótipos também existem nas finanças: o do empréstimo caro e ruim pro seu bolso, por exemplo. Atualmente, no entanto, existem boas opções baratas e seguras, como o empréstimo online, que fazem o endividado pagar menos juros até regularizar as contas. Open your mind, o que nos leva ao próximo tópico…

7. Seja aberto às novas possibilidades

Joyce, a mãe de Will, teve que ser extremamente aberta para entender a situação, aceitar e agir. Da mesma forma, sempre devemos manter a mente aberta para produtos que não conhecemos. Devemos entender os detalhes das opções do mercado para assim conseguirmos agir e ver qual o melhor caminho pras nossas finanças. 

8. Pessoas mudam

Embora a mudança diária seja pontual, no longo prazo as pessoas mudam (e muito). No seriado, percebemos isso na transformação de Nancy, uma garota preocupada somente com a sua vida no início da temporada, e mais forte e totalmente engajada no plano de resgate nos capítulos finais. Nas finanças, o melhor investimento hoje pode não ser o melhor amanhã por conta da mudança do seu perfil. O próprio envelhecimento faz com que em geral as pessoas queiram assumir menos risco conforme o tempo passa. Então, se atualize sempre.

9. Ser aluno (e professor) é um trabalho de tempo integral

Uma das partes engraçadas do seriado são as ligações noturnas e de madrugada para o professor de ciências, Sr. Clarke, que ajuda os meninos a tirar dúvidas e construir algumas invenções. Nas finanças, o trabalho de ler constantemente, se informar e descobrir coisas novas também é constante. É preciso ter dedicação para tomar boas escolhas financeiras. Mas o esforço compensa (e muito) pro seu bolso!

10. Use a informação a seu favor

Se você não sabe ainda, se segura na cadeira: Stranger Things é uma série construída em Big Data. Ou seja, todos os dados e informações que os produtores da Netflix têm disponível sobre os consumidores foram (e ainda são) usados para construir uma série sob medida. As roupas, referências aos anos 90, músicas, monstros,… Nada é aleatório! Nas suas decisões financeiras, a lição também deve ser seguida. Você precisa ter o máximo de informações disponíveis sobre as suas finanças (quanto ganha, quanto e onde gasta, perfil de risco em investimentos, etc) para tomar decisões certeiras que ajudem o seu bolso a prosperar.

banner-mktplacedireto-2

Comente!

comentários

 
 

 

Baixe agora o aplicativo de
controle financeiro do GuiaBolso!

Baixe na AppStore Baixe na Google Play