Baixa temporada... Temporada para viajar e gastar menos

viagem

banner-mktplacedireto-2

Por Isabella Mello

Você também pode ouvir esse texto! Confira:

Nem todo mundo é fã daquele bronze de verão, da lotação das praias ou dos eventos de alta temporada que acontecem nos pontos turísticos do mundo todo… Para essas pessoas, viajar fora da tradicional época de férias pode ter vantagens que vão além dos gostos pessoais (e que, cá entre nós, podem causar uma satisfação muito grande também). Estamos falando das economias!

É claro que deixar de viajar poupa gastos, mas, para economizar com viagens, não é necessário ficar preso à sua cidade. Se você tem flexibilidade no trabalho ou a opção de agendar férias quando preferir, saber quais são as épocas mais baratas para conhecer cada lugar será ótimo para o seu bolso.

Você não precisa passar dias (ou até meses) fazendo longas pesquisas para encontrar passagens aéreas com valores interessantes. Alguns sites possuem ferramentas para te ajudar nessa missão. Eles te mostram um comparativo de preços entre os meses do ano e ainda informam qual é a companhia aérea com a melhor oferta. Veja só como funcionam alguns deles:

Skyscanner:

No site Skyscanner, um buscador de passagens online, basta informar o local de origem e o de destino e, na hora de escolher a data, selecionar “mês inteiro” e, então, “mês mais barato”. Aí, o próprio site te mostra em forma de calendário ou gráfico onde estão concentrados os melhores preços.

ViajaNet:

O site ViajaNet também tem uma ferramenta parecida. Na seção QuandoViajar, o site te mostra com cores em qual mês está localizada a melhor oferta para o destino selecionado. Ele apresenta, ainda, um resumo das opções que encontrou, indicando informações extras, como quais são os dias da semana mais baratos e quais companhias aéreas possuem opções mais vantajosas.

 

Mas vale lembrar que os gastos de uma viagem não se resumem ao transporte de ida e volta. Em destinos com passeios ou atividades típicas, alguns períodos do ano costumam receber mais destaque, o que ocasiona variação nos valores cobrados.

Em Fernando de Noronha, por exemplo, os passeios a algumas praias, como a do Leão e a do Sancho, podem estar sujeitos a preços mais elevados nos meses de novembro a abril, em virtude do período de reprodução da fauna marinha. A presença de inúmeras espécies na costa costuma atrair mais visitantes, o que justifica o aumento do valor. Nesse caso, é importante que você coloque na balança os prós e contras de conhecer o local nessa época e avalie o que é melhor para você.

A hospedagem é outro gasto que também sofre muitas alterações da baixa para a alta temporada. Se você decidir viajar em períodos com menor fluxo de turistas, terá muitas opções para escolha e, provavelmente, com valores mais acessíveis. Aproveite a grande disponibilidade dos lugares para comparar se é mais vantajoso alugar um apartamento, ficar em um hotel ou então em um albergue, por exemplo.

E reforçando o que sempre defendemos: fechar uma viagem com antecedência é fundamental para a saúde do seu bolso! Assim, você tem mais tempo disponível para procurar por promoções e ainda tem a chance de negociar formas de pagamento mais atraentes. Sem contar que fica bem mais fácil para se planejar, certo?

 

E aí, preparado para as próximas férias? Não se esqueça que um bom planejamento financeiro é a chave do negócio para não se enrolar com os gastos extras! Adote uma planilha de gastos ou baixe o aplicativo do GuiaBolso para não se perder nas despesas e poder viajar sem preocupações.

 

      Leia também:

      + Estratégias para comprar passagens aéreas mais baratas

      + 25 dicas para economizar ainda mais em 2018

      + Como se planejar para baratear as férias

      + As 4 melhores planilhas de gastos pessoais para o seu dinheiro

banner-mktplacedireto-2

 

Comentários

comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *