GuiaBolso: suas finanças organizadas em 2 minutos Começar.
 

5 erros para evitar em uma planilha de orçamentos

banner-mktplacedireto-2

Por Isabella Mello

Você também pode ouvir esse texto! Confira:  

Todo sucesso financeiro exige uma boa organização. Quer aprender a economizar? Criar uma reserva para investir no futuro? Ou então quitar aquela dívida que tanto atrapalha as suas finanças? O primeiro passo para alcançar qualquer um desses objetivos é adotar uma planilha de orçamentos. Ela te dará uma visão geral de todos os seus ganhos e gastos mensais e ainda te ajudará a não se afundar em dívidas.

Mas não basta tê-la. A planilha só será uma mão na roda se for preenchida da maneira certa. Um simples errinho, pode atrapalhar todo o seu planejamento – e não é isso que você quer, né? Por isso, o GuiaBolso listou 5 descuidos que devem tomar o máximo de sua atenção para que não sejam cometidos. Confira: 

 

1. Não anotar TODOS os gastos

É isso mesmo o que você está pensando: todos os gastos devem ser colocados na planilha, sem exceção! Sabe aquele chocolatinho que você comprou na doceria depois do almoço? Ele também deve aparecer lá!

É preciso anotar cada centavo, pois, ao final do mês, todos eles juntos podem fazer diferença no seu orçamento. Tá achando um exagero? Existe até uma conta que você pode fazer. O gasto diário de R$ 2 com chocolate, por exemplo, após 20 anos, representa uma quantia de R$ 20 mil. E lembre-se que estamos falando só do chocolate. Ainda tem o cafezinho, o pão de queijo, o chiclete…

     Leia mais: 

    + Gastos regulares: você conhece a regra 10mil – 300? 

Se você achou isso muito desgastante (confessamos: nós concordamos com você!), opte pela ajuda de um aplicativo de controle financeiro. Sabemos que somente 2% das pessoas conseguem manter uma planilha manual (o famoso Excel ou até caderninho) atualizada, por isso esses apps podem ser os seus melhores amigos. O GuiaBolso, por exemplo, faz todas essas anotações automaticamente e ainda as categoriza, basta cadastrar a sua conta bancária!

 

2. Esquecer dos débitos automáticos

Quando passamos o cartão ao fazermos uma compra é fácil lembrar desse gasto e depois colocá-lo na planilha. Mas e quando é feito o débito automático da despesa? Fácil de perder o controle, né? É muito importante não esquecer de alguns gastos fixos, como conta de celular, que geralmente são colocados nessa modalidade de pagamento.

Nesse caso, é interessante anotá-los logo no início do mês, para não correr o risco de esquece-los. Com este hábito você também passa a poder programar as despesas extras com a consciência desses outros gastos.

 

3. Não registrar valores parcelados

Parece óbvio que valores parcelados no cartão devem entrar no orçamento pessoal todos os meses. O grande problema é que essas parcelas só aparecem na fatura na véspera do fechamento, então é muito comum que as pessoas ignorem esses gastos e mantenham algumas despesas extras sem considerá-los. Não cometa esse erro! Anote a parcela logo no início do mês para poder se programar já contando com ela.

 

4. Não fazer uma análise da planilha

As planilhas de orçamentos servem para te guiar ao longo do mês. Com elas, você consegue perceber onde estão concentrados os maiores gastos, qual a sua margem entre renda e despesa e onde é possível economizar. Parece incrível né? Mas nada disso vai ser perceptível se ao final de cada mês você não fizer uma análise da sua planilha. Só desse jeito você consegue fazer mudanças que realmente funcionem nos seus hábitos de consumo!

 

5. Não estabelecer metas

Muitas vezes, para criar um hábito novo ou sair de um antigo é necessária uma motivação… e para começar a se organizar financeiramente não é diferente. Se o seu objetivo com a planilha é economizar dinheiro, pense no que você deseja fazer com o que for poupado. Programar uma viagem, a compra de um apartamento ou a realização de um curso podem ser ótimos atrativos. Assim, fica mais fácil manter a força de vontade e resistir às compras desnecessárias.

 

Se você ainda não adotou uma planilha de orçamentos, use essas dicas para criar a sua e não errar mais na hora de fazer as contas! Garantimos que ficará muito mais fácil identificar os gastos desnecessários e, assim, atingir os seus objetivos.

 

Leia também: 

      + 25 dicas para economizar ainda mais em 2018

      + 4 erros financeiros que podem ser a ovelha negra do seu orçamento

      + 6 dicas para manter a sua saúde financeira em dia

banner-mktplacedireto-2

Comente!

comentários

 
 

 

Baixe agora o aplicativo de
controle financeiro do GuiaBolso!

Baixe na AppStore Baixe na Google Play