GuiaBolso: suas finanças organizadas em 2 minutos Começar.
 

Investir: que tal escolher você mesmo como uma das suas aplicações?

banner-mktplacedireto-2

Por Isabella Mello

Você também pode ouvir esse texto! Confira:

Você, provavelmente, já está acostumado a pensar em Tesouro Direto, CDBs, Fundos de Investimento e ações na Bolsa. Talvez tenha até as suas próprias estratégias para escolher entre essas opções todos os meses. Mas já imaginou incluir mais um tipo de aplicação nessa listinha? Uma que não tivesse erro e que sempre garantisse um bom retorno, independentemente do mercado. Parece um sonho, né?

Mas investir em você mesmo promete exatamente isso! Considere usar o dinheiro economizado para pagar cursos, workshops ou atividades que ajudem no seu desenvolvimento pessoal e profissional. Não tem como não trazer benefícios, certo? Então, que tal encarar essa nova aplicação como um compromisso, assim como você já faz com o CDB, por exemplo? Mesmo que o retorno não seja tão quantificável, já que não fica registrado em nenhum sistema, ele pode ser tão grande quanto – ou até maior. Basta identificar aquilo que vai fazer a diferença para você! E para não ter dúvidas nessa etapa, confira as nossas dicas:

Escolha os meses para investir em você

Antes mesmo de pensar em um curso específico, já tente imaginar como vai pagá-lo. Talvez você ainda nem tenha em vista algo que deseja fazer, mas um workshop dos sonhos pode aparecer de uma hora para a outra sem você estar esperando. Então, para não ser pego tão de surpresa no orçamento, uma dica é já escolher os meses em que vai separar um dinheiro exatamente para isso. Se você já costuma destinar uma quantia mensal para algum investimento, não precisa economizar mais, viu? Pode usar exatamente esse dinheiro para isso.

Invista na sua saúde!

É comum os médicos afirmarem que a nossa saúde está totalmente ligada ao nosso desempenho em qualquer área, só que a gente quase nunca leva isso a sério, né? Mas, se você está decidido a começar a investir em si mesmo, que tal começar por isso? Se você curte um programa mais relax, pode testar um curso de yoga ou meditação. Eles estimulam a concentração, melhoram a postura e ainda te deixam muito mais preparado para encarar as próximas funções da semana. Academia, aula de dança ou um esporte também são ótimas ideias para manter o corpo em atividade!

E fica ligado! Já existem apps que ensinam exercícios físicos para fazer em casa mesmo! O Nike Training Club, Sworkit e 7 minute workout são algumas das opções gratuitas disponíveis para Android e iOS. Vale testar as versões gratuitas (toda economia ajuda!), mas também algumas versões pagas que são bem mais completas!

Identifique uma fragilidade que quer melhorar

No dia a dia, a gente se depara com várias funções que não são o nosso forte – e que até podem atrapalhar as tarefas às quais já estamos acostumados. Por isso, considere investir em você mesmo para diminuir essas fragilidades!

Não fala muito bem em público? Um curso de oratória pode te ensinar algumas técnicas para enfrentar melhor esses momentos. Ou então se enrola quando um gringo vem trocar uma ideia com você? Imagine que legal investir em um curso de inglês e poder conversar com ele numa boa!  

Onde você quer chegar?

Quer se destacar no trabalho? Mudar de área? Ou então se aprofundar em algo que já tem experiência? Se estiver com pouca grana, considere investir em workshops e cursos online, que costumam ser mais baratos. Hoje, várias instituições conceituadas já oferecem esse serviço à distância, como a Fundação Getúlio Vargas e a Fundação Bradesco.

Mas, se você está disposto a gastar um pouco mais, pense em uma pós-graduação, MBA ou mestrado na área em que deseja se especializar. Além de ajudarem na sua performance profissional, todas essas opções também costumam colocar muito mais peso no currículo!

Encontre um tempo para o seu bem estar

Não adianta fazer inúmeros cursos se o estresse e o cansaço bloqueiam todas as nossas funções. Então, busque um tempo para aquilo que te deixa bem! Gosta muito de viajar? Que tal usar aquele dinheiro que você separou para conhecer um novo lugar no feriado? Participar de clubes de hospedagem, como o Clube Montreal e o RDC Férias também pode ser uma boa para quem só consegue se desconectar do estresse longe de casa. Neles, você paga uma parcela por mês e tem acesso a diversos hotéis com hospedagem muito mais barata do que o normal.

Mas tirar um tempo para ler, ir ao cinema ou fazer um grande churrasco com a família e os amigos também podem ser ótimas opções para descansar e colocar os pensamentos em dia!

 

O importante é sempre pensar naquilo que vai trazer mais retorno para você! Claro que os investimentos tradicionais, como Tesouro Direto ou Fundos de Investimentos não precisam (e nem devem!) sair do seu planejamento. Mas não deixe de pensar se usar um pouco desse dinheiro para investir em você também pode ser uma maneira de pensar no seu futuro!

banner-mktplacedireto-2

Comente!

comentários

 
 

Zaqueu comentou:

Vocês sempre com ótimas dicas que nos ajudam no dia dia parabéns a toda equipe Guia bolso.

08/09/2018, 08:02

 

Baixe agora o aplicativo de
controle financeiro do GuiaBolso!

Baixe na AppStore Baixe na Google Play