BlackFriday 2018: dicas pra economizar

BlackFriday

Chegou novembro e você ainda está em dúvida se deve comemorar ou ficar atento com a BlackFriday, afinal, nas últimas edições, sempre tem gente reclamando de falsas promoções, o famoso #LeveTudoPelaMetadeDoDobro. No meio de muito anúncio tem, sim, compra que vale a pena. Pra você ficar esperto e aproveitar a data  listamos 6 dicas rápidas.

1. Elefante branco: a compra vai trazer mais despesas?

Imagina a cena: você vê aquela passagem baratinha e já se imagina com a família e amigos no lugar dos sonhos. Você compra no impulso, mas se esquece que, junto com a passagem, vem o compromisso de reservar um hotel ou pousada, separar uma grana pra passeios, comida e diversas outras despesas. O que a gente quer dizer é que tem gasto que já vem acompanhado de outras coisas. Se tiver essa reserva pra bancar todo o resto, aí sim pode considerar a compra.

2. Pesquise preços antes e durante a BlackFriday

As lojas costumam colocar alguns gatilhos pra você comprar na hora, como um cronômetro ou o número de unidades que faltam ser vendidas. Pra não cair no vacilo de fazer algo no impulso, a dica é pesquisar antes quanto custa o que você quer comprar. Hoje em dia em sites como Buscapé e Zoom dá até pra pesquisar um histórico de preços maior e ver se as lojas não estão subindo o valor nas últimas semanas. Durante a BlackFriday é sempre legal comparar com o preço de pelo menos mais uma loja.

3. Planeje um teto de gastos

Se você vai comprar apenas um item ou renovar toda a sua estante de livro não importa, a dica é a mesma: pra não fazer compra por impulso já lista tudo o que você quer comprar. Pensa um pouco em quanto você quer (e pode) gastar. Será que o gasto total cabe no orçamento ou vai te trazer dor de cabeça? Isso nos leva à dica de ouro…

A conta que ninguém te conta!
Lá dentro do Guiabolso, no app ou no site, você consegue ver o histórico de gastos. Mesmo quem é novo no app e acabou de se cadastrar pode ver um histórico de até 3 meses. Então, não adianta falar que não tem planilha e que não sabe quanto pode gastar porque o Guiabolso te mostra o passado e já faz diversas contas pra você.

4. Evite dívidas se a compra for muito areia pro seu caminhãozinho

Fazer dívidas pra compras que poderiam ser adiadas não costuma ser bom negócio pro seu bolso. Principalmente se estiver enrolado em créditos caros, como cheque especial e rotativo, veja se dá pra segurar essa compra por alguns meses. Quitar as pendências deveria ser o foco agora.

5. Ah, não se esqueça do frete

Às vezes a diferença de preços entre duas lojas é pequena, mas aí quando você fecha o carrinho vem o susto: a conta aumenta consideravelmente por causa do frete! Por isso, dá uma checada em quanto a loja cobra pro envio.

6. Se programe pra acompanhar as lojas de interesse!

Alguns sites já estão anunciando os horários e itens de promoção. Além de se cadastrar pra receber os alertas, uma boa dica é se programar pra ficar antenado nas primeiras horas de promoção e conseguir garantir a compra que você tanto quer fazer.

Pronto pras compras? Conta aí pra gente o que você quer comprar neste ano =)

Comentários

comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *