O que é IOF e quando ele é cobrado?

IOFSignificadoValor

A vida adulta chega na forma de um boletinho, mas não é raro ela também ser acompanhada de um impostinho. E hoje você vai conhecer um imposto que não é tão famoso como o Imposto de Renda, mas está sempre presente na vida dos brasileiros: o IOF ou Imposto Sobre Operações de Crédito, Câmbio e Seguro. Decorou a sigla? Não? Não tem problema porque o mais importante é entender o significado, pra que ele serve.

Como o próprio nome já dá spoiler, todas as pessoas – estamos falando de humanos (pessoas físicas) e empresas (jurídicas) – que fazem operações de câmbio, crédito e seguro pagam este imposto.  Isso quer dizer que o IOF é cobrado quando:

  • você usa o rotativo do cartão de crédito
  • fica no vermelho no cheque especial
  • faz suas comprinhas usando o cartão internacional
  • investe, mas saca a grana antes de 30 dias
  • compra dólar….

… E por aí vai. Mas vamos entender direito como isso funciona em cada situação porque o imposto não é fixo, o valor muda. 

Crédito

Como a gente já te contou, cada operação tem um jeito de cobrar. No caso do cartão de crédito e do cheque especial, o imposto aparece quando você usa o rotativo ou fica com a conta no vermelho. Ele é de 0,38% sobre o valor devido mais 0,0082% ao dia de atraso no pagamento. Os empréstimos seguem a mesma regra. Em todos os casos, há um teto de cobrança de 3% (ufa!).

No caso do financiamento, não há cobrança se o imóvel for residencial, mas caso ele seja comercial o IOF cai na mesma regra: 0,38% da dívida mais 0,0082% ao dia. 

Agora, se você fizer uma comprinha no exterior e usar seu cartão de crédito o IOF não é baixo não: 6,38% sobre o valor da compra.

Câmbio

Talvez seja quando mais a gente ouve falar neste imposto. Pra compra de dólar em espécie (estamos falando de comprar o papel moeda mesmo o IOF é de 1,1% sobre o valor da operação, em reais. 

Seguro

Existem duas faixas: 0,38% se você estiver falando de um seguro de vida e acidentes pessoais e de 7,38% se for outra modalidade de seguro. 

A conta que ninguém te conta!
Por menor que seja, não deixe passar nenhum impostinho na sua conta. Ao conectar suas contas e cartões no app, você consegue acompanhar sempre o que está sendo cobrado

Investimentos

Aqui o IOF causa uma certa confusão, mas é facilzinho de entender. Imposto em investimento sempre está ligado a tempo. Ele é cobrado se você sacar a aplicação antes de 30 dias. É um jeito de te estimular a investir por um prazo maior. 

Assim, ele diminui a cada dia que passa. Começa em 96% se você sacar o dinheiro em apenas um dia após investir e cai até 0% se você fizer o saque no 30º dia. Mas calma! Essa porcentagem não é cobrada sobre o total do saque e sim sobre quanto o dinheiro rendeu. 

Nos investimentos, o IOF é cobrado nos CDBs, LCs, Tesouro Direto, Fundos DI e Fundos de Curto Prazo. 


Comentários

comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *