4 motivos para pegar um empréstimo pessoal

Empréstimo pessoal é opção

Por Anna Ferreira

O empréstimo pessoal causa sentimentos contraditórios na maioria das pessoas. Umas morrem de medo, outras saem pegando sem tanto critério, outras ainda têm vergonha de estar nessa situação e não querem pedir ajuda.

A verdade é que o crédito pessoal não deve ser a primeira opção, mas ele existe para te ajudar em situações pontuais como trocar uma dívida cara por uma mais barata, investir no seu negócio, pagar por um imprevisto e realizar um sonho. Ainda assim é preciso cautela. Entenda o que levar em consideração em cada uma dessas circunstâncias. 

1. Trocar uma dívida cara por uma mais barata

O cheque especial e o rotativo do cartão de crédito são duas opções bastante atrativas pela sua facilidade de acesso, mas que podem causar muita dor de cabeça por sua taxa de juros. No último mês, a taxa média do cartão de crédito esteve em 12,3%, enquanto a do cheque especial teve uma queda imposta pelo Banco Central e não pode passar de 8% ao mês.

+ Novas regras do cheque especial: o que muda no seu bolso

Caso já esteja enrolado em uma dessas modalidades, o empréstimo pessoal pode ser uma boa saída, pois com ele é possível conseguir uma taxa bem menor. A depender da modalidade e do seu score de crédito, você pode chegar a 2% de juros ao mês, por exemplo.

A ideia é bastante simples: pegue um empréstimo no valor que deve no cartão ou cheque especial ou qualquer outra dívida negociando juros mais baixos. Por fim, pague sua dívida e permaneça somente com este novo débito. Assim você economiza a diferença dos juros.

2. Investir no seu negócio

Na hora de empreender alguns aspectos são muito importantes: planejamento estratégico, monitoramento e análise de dados são alguns deles. Logo, decidir quando se deve injetar mais dinheiro na suas empresa ou contrair uma dívida deve passar por esses aspectos. Algumas perguntas podem te ajudar durante esse processo. 

  • Essa é uma oportunidade que faz sentido para o momento da empresa?; 
  • Quanto esse dinheiro impactará na melhoria do seu produto/serviço?;
  • Você tem fluxo de caixa para dar conta do pagamento das parcelas?; 
  • Como pode enxugar os gastos da empresa durante o pagamento?;
  • Quando espera recuperar esse dinheiro?

As suas respostas a essas perguntas dará bons parâmetros para decidir se essa é a hora certa para o empréstimo. Já se você ainda não empreende mas quer tirar seu sonho do papel, é necessário dar um passo atrás e avaliar se a sua ideia de negócio resolve um problema real, se há mercado para e se você tem condições de levá-la adiante.

+ Empreender: como transformar o seu grande sonho em realidade

+ Livros que te darão força para abrir o seu negócio

3. Empréstimo pessoal ajuda a pagar por algum imprevisto 

Há situações que realmente não dá pra prever: um cano que estoura, uma batida de carro, um problema de saúde, por exemplo. Quando acontece algo assim, é comum se desesperar. Mas, o pânico nunca é bom conselheiro, principalmente na hora de contratar um empréstimo pessoal. Primeiro, analise quão emergencial é o caso e se não há outra maneira de conseguir o dinheiro (uma ideia é vender objetos antigos ou até mesmo resgatar o FGTS).  

Caso entenda que o empréstimo é a melhor opção, tome alguns cuidados. O ideal é não pegar a primeira oferta que surge sem avaliar outras. Pesquise taxas sempre verificando se a instituição financeira está te mostrando o total de taxas, impostos e seguros que serão cobrados. Uma boa forma de fazer isso é calculando o valor total que será pago a instituição. Também avalie se as condições de pagamento estão de acordo com a sua realidade financeira e quais mecanismos cada oferta tem para negociações e ajustes que sejam necessários.

+ Tudo o que tem dentro de um empréstimo

+ Empréstimo rápido: veja como conseguir

4. Realizar um sonho com um empréstimo pessoal

Seria esse o momento certo para a viagem que está planejando há anos, o curso que impulsionará a sua carreira ou a compra do automóvel que seu amigo está vendendo? A resposta em geral é: depende. Principalmente se para realizar qualquer uma dessas coisas você precisará pegar um crédito pessoal. A primeira pergunta que você precisa fazer é: essa oportunidade que tenho em mãos é única? Depois, pense em quanto tempo isso te dará retorno, o quanto isso é necessário e em quanto tempo você conseguirá pagar pelo empréstimo sem comprometer excessivamente a sua renda. 

Caso você perceba que pode esperar para realizar esse sono, há algumas boas opções. Você pode economizar um pouco todo mês para ir juntando o valor necessário ou tentar fazer um dinheiro extra para realizar seu sonhos sem deixar dívidas te esperando em casa. Já se for uma oportunidade única e que você considera imprescindível nesse momento, o empréstimo realmente pode ser uma boa pedida. 

+Como ganhar dinheiro extra? Veja as 5 maneiras mais fáceis

+Conheça 5 sites de renda extra para ganhar dinheiro na internet

+Dicas para ganhar dinheiro extra sem sair de casa!

+Use a tecnologia pra ganhar dinheiro: 5 dicas de apps para ter renda extra

+Dicas de como juntar dinheiro mais rápido

É isso: hora de pedir o empréstimo

Pensou em todos os aspectos apresentados e decidiu que é o momento de pegar um empréstimo? Então, tenho uma checklist para você:

1- Realize simulações em ao menos três instituições financeiras na internet;

2- Sempre compare as taxas totais que serão cobradas;

3- Escolha a forma de pagamento, lembrando que quanto mais parcelas, mais juros;

4- Tenha os comprovantes de renda e documentos de identificação em mãos;

5- Espere a análise de crédito da empresa e verifique a sua conta.

No Guiabolso tem algumas opções pra você. Quando você conecta a sua conta, o app consegue entender melhor a sua rotina com o seu dinheiro e assim pesquisa produtos que tenham mais a ver com o seu perfil. Com empréstimos não é diferente. Você realiza uma simulação e recebe as melhores propostas para você.

Os parceiros de crédito levam em conta esse histórico de pagamento na hora de definir a taxa de empréstimo e o valor da parcela. Em 83% dos casos os parceiros do Guiabolso oferecem condições melhores que as do banco de origem dos usuários. Que tal dar uma olhada e ver quais ofertas estão te esperando por lá?

+5 passos para você fazer um empréstimo online

+Onde contratar um empréstimo pessoal

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *