5 itens que valem a pena revender

revender

revender

Ao longo da vida costumamos comprar e acumular muitas coisas. No entanto, mesmo quando alguns pertences começam a ser deixados de lado, acabamos tendo certa resistência em nos desfazer deles, seja por não saber exatamente o que fazer, achar que alguns objetos ainda possuem utilidade ou, até mesmo, por ter alguma relação de apego com eles.

Nessas horas, é importante ter em mente que algumas coisas realmente não fazem mais sentido para você e não têm mais espaço no seu dia a dia, mas podem ser de grande utilidade para outras pessoas. Então, que tal avaliar quais são os itens que ainda possui que valem a pena serem revendidos? Confira as nossas dicas.

Trocou o ventilador pelo ar-condicionado

Com o calor dos últimos anos, muitas pessoas aderiram ao ar-condicionado. Sendo assim, o ventilador que era levado da sala para o quarto, e vice-versa, já não faz mais tanto sentido nessas casas. No entanto, para quem ainda não apostou nesse tipo de aparelho, pode ser uma ótima oportunidade, então, ofereça o seu antigo ventilador para pessoas próximas — com certeza alguém mostrará interesse.

O aparelho de DVD foi substituído pelos filmes online

Poder assistir a um grande número de títulos, por um baixo preço (às vezes até sem custo) e com um simples clique fez com que os DVDs fossem deixados em segundo plano. Se você possui um aparelho novo, mas que fica a maior parte do tempo desligado, é uma ótima opção de fazer negócio e ainda ganhar mais espaço na sala.

Abandonou o computador desktop para usar só o notebook

A praticidade e tamanho dos notebooks são valorizados principalmente por quem trabalha muito fora de casa ou está sempre em reunião. Mas ainda existem muitas pessoas que não abrem mão do velho e bom computador desktop, sendo assim, são boas as chances de conseguir alguém que queira adquirir esse produto.

Não usa mais o aparelho GPS por conta dos aplicativos de celular

Se antes o aparelho de GPS era uma febre entre os proprietários de automóveis, hoje muitos deles já foram substituídos por aplicativos que podem ser baixados de forma rápida e gratuita nos celulares. Mas para quem ainda não possui grande afinidade com este tipo de tecnologia ou prefere ter algo específico apenas para indicar os caminhos, pode ser uma boa oportunidade.

Decidiu mudar o visual com novas roupas

Todo mundo tem um sapato que só usou uma vez e uma jaqueta que ficou esquecida dentro do armário, ainda com etiqueta. Pois é, esse é o momento de assumir que estas peças nunca mais serão usadas e procurar pessoas que possam comprá-las. Com um preço atrativo e uma boa divulgação boca a boca, ou até mesmo pelas redes sociais, as vendas serão um sucesso.

Como você viu, diversos itens podem ser revendidos para que não fiquem parados, apenas ocupando espaço nos lugares. O ideal é apenas ter certeza de que estão com boas condições de uso, para que não tenha nenhum problema futuro. Com tudo confirmado, basta separar tudo o que está sem utilidade e começar a fazer os contatos e oferecer os produtos.

Agora que já sabe que objetos que você não usa podem ser úteis para outas pessoas, que tal investir nas revendas? Caso ainda tenha alguma dúvida, deixe um comentário! E continue acompanhando o blog, sempre com dicas e novidades.

]]>

Deixe seu comentário aqui

Seu enderço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *