Os 5 principais erros de controle financeiro empresarial

banner-GB controle financeiro empresarialO controle financeiro é essencial para manter as finanças da empresa sempre em dia. Apesar da importância da prática, muitos empresários sentem dificuldade na hora de lidar com o dinheiro corporativo e acabam metendo os pés pelas mãos: misturam as finanças pessoais com as da empresa, não fazem o fluxo de caixa, não têm um plano financeiro, entre outros erros. Resultado: não têm ideia de quanto têm que receber e quanto já gastaram, sentem dificuldades na hora de tomar decisões financeiras e não conseguem preparar a companhia para imprevistos. Veja os principais erros de controle financeiro em uma empresa e como evitá-los:

Misturar as finanças pessoais com as corporativas

Erro muito comum principalmente em pequenas e médias empresas, não separar as despesas pessoais dos sócios dos gastos da empresa pode comprometer as finanças do negócio. Ao usar o dinheiro em caixa para pagar aquisições pessoais ou colocar uma quantia do próprio bolso para arcar com despesas corporativas, você distorce os custos fixos da empresa e compromete o fluxo de caixa no futuro. Para não correr esse risco, não misture sua conta pessoal com a corporativa. Qualquer despesa que seja da empresa deve ser devidamente registrada e arquivada, com seu respectivo recebido/comprovante para facilitar o controle.

Não fazer o controle do fluxo de caixa

Controlar corretamente o fluxo de caixa é essencial para saber quanto dinheiro a empresa gastou e quanto recebeu. Além de ficar atento aos valores, é importante especificar de onde veio a quantia recebida (vendas, prestação de serviços, aporte de investimento) e a que foi gasta (pagamento de contas, pró-labore dos sócios, pagamento a fornecedores). Mais do que simplesmente fazer o controle do extrato bancário da empresa, gerenciar o fluxo de caixa é prática essencial para planejar o futuro. Por meio da análise dos dados, você saberá quais são as despesas que estão por vir e separará uma quantia para arcar com esses compromissos, terá noção de quando determinado pagamento irá entrar e pode planejar investimentos a serem feitos com esse dinheiro.

Não ter um sistema de gerenciamento financeiro

Depender de planilhas para fazer o controle financeiro da empresa pode tornar o processo mais lento e complicado. Para gerenciar as finanças corporativas com praticidade e eficiência, aposte no uso de um software financeiro. Assim, você tem acesso aos dados estratégicos com rapidez, além de poder cuidar das finanças corporativas de onde estiver.

Não ter um plano financeiro

O plano financeiro é o guia que ajudará a planejar o futuro da sua empresa. Por meio dele, você saberá quais são os investimentos que poderá fazer de acordo com os recebimentos que ainda vão entrar. Um plano financeiro bem elaborado ajuda na tomada de decisões financeiras e evita problemas como gastos que não estavam previstos.

Não registrar pequenos gastos

Todos os gastos da empresa – por menores que sejam – devem ser registrados. Muitos empreendedores sofrem na hora de fazer o fluxo de caixa porque se deparam com várias saídas de dinheiro não justificadas e/ou devidamente registradas. Mesmo despesas pequenas, como um táxi na saída de uma feira de negócios ou um almoço com cliente, devem ser identificados. Ainda tem alguma dúvida em relação aos principais erros no controle financeiro empresarial? Comente! banner-GB-2 Leia também: – Compare 4 opções de empréstimo pessoal online  As 4 melhores planilhas de gastos pessoais para o seu dinheiro  50 dicas para aprender como economizar dinheiro  Planilha de gastos no Excel ou controle financeiro online?  Planilha de gastos mensais: como fazer?]]>

Deixe seu comentário aqui

Seu enderço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *