Razões para não deixar seu nome sujo

nome sujo

banner-GB
nome sujoMuita gente não sabe, mas ficar com o nome sujo na praça pode trazer muitos transtornos para a sua vida. A cada vez que o consumidor deixa de cumprir qualquer compromisso financeiro ele corre o risco de ser colocado, pelo credor, no cadastro de inadimplentes do SPC Brasil, do Serasa Experian ou da Boa Vista SCPC.
Usuários do GuiaBolso conseguem no próprio aplicativo, por meio do Radar de CPFverificar gratuitamente se há pendências financeiras em seu nome. De maneira geral, as empresas aguardam 30 dias para a quitação da dívida em atraso como política de bom relacionamento e entram em contato com o consumidor para cobrar o pagamento antes de encaminhar o nome para a lista de inadimplentes.
Mas quais são as consequências de ficar com o nome sujo? Confira a lista que preparamos e veja por quê você não deve deixar o seu nome no cadastro de inadimplência.

Nome sujo na praça

Quando uma pessoa é cadastrada como inadimplente, o prazo para prescrição da dívida é de cinco anos. Para sair da lista antes disso, a única forma é quitar ou renegociar a dívida e o pagamento dos juros diretamente com o credor.
Quem notifica os serviços de proteção de crédito que você já quitou o seu compromisso é a empresa credora. A partir da notificação, o seu nome sai da lista em até cinco dias.

Sem Crédito

Estar com o nome sujo na praça impede que você possa fazer compras financiadas, contratar seguros, firmar contratos de prestação de serviços e obter crédito de financiamento ou empréstimos em bancos ou instituições financeiras. O mesmo vale para abrir conta em banco, ter talão de cheque ou cartão de crédito.

Efeito Bola-de-Neve

Quando a pessoa deixa de honrar os compromissos financeiros, o resultado é sempre negativo: a cobrança de juros pode aumentar — e muito — a sua dívida. Além disso, em alguns casos é possível que o credor aplique os chamados juros compensatórios, que são juros cobrados para compensar a empresa por eventuais perdas decorrentes da falta de pagamento. Por isso, o melhor é manter os compromissos financeiros em dia para não acabar com uma dívida ainda maior.

Cobrança judicial

Alguns credores podem ir além de simplesmente colocar o nome da pessoa inadimplente nas listas de proteção ao crédito. Quando o valor devido é elevado, as empresas podem entrar com ações judiciais contra o devedor para pressionar a quitação da dívida.

Empregos e Concursos

Embora ter o nome sujo não seja um impedimento para assumir cargos públicos, as instituições financeiras públicas podem fazer uma restrição. A restrição é prevista em edital e há um prazo para que o candidato regularize a sua situação. Já no caso de empregos na iniciativa privada, ter o nome sujo na praça não é uma restrição.
No entanto, muitas empresas avaliam a situação de crédito dos candidatos e ter o nome sujo pode ser considerado um motivo para você não conseguir a vaga. É importante ressaltar que as empresas não podem deixar de contratar apenas por este motivo e que o candidato que se sentir lesado pode entrar na justiça.
O Serasa e o SPC se comunicam com os inadimplentes por correios, nunca por e-mail. Se alguém fizer contato com você por e-mail, é provável que seja uma tentativa de golpe. É possível consultar a sua situação de crédito pessoalmente em unidades do SPC, SERASA e SCPC gratuitamente. O GuiaBolso também oferece a consulta gratuita do CPF.
Assine a nossa newsletter e acompanhe dicas sobre como economizar e investir melhor o seu dinheiro!
banner-GB-2
Leia também:
– Compare 6 opções de empréstimo pessoal online
 As 4 melhores planilhas de gastos pessoais para o seu dinheiro
 Planilha de gastos no Excel ou controle financeiro online?
 Planilha de gastos mensais: como fazer?]]>

2 Comments

  1. Bem explicativo. Muito legal!

  2. Excelente muito bom para enteder.

Deixe seu comentário aqui

Seu enderço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *