Como funciona o cartão de crédito consignado

32492-cartao-de-credito-consignado-como-funciona

banner-GB
32492-cartao-de-credito-consignado-como-funcionaSe for utilizado conscientemente, o cartão de crédito pode ser uma saída quando não é possível pagar aquela compra necessária à vista. Dentre as modalidades oferecidas pelas instituições financeiras, o cartão de crédito consignado é uma opção viável, mas, assim como o cartão convencional, traz vantagens e desvantagens.
Trazemos a seguir informações interessantes para que você entenda como funciona o cartão de crédito consignado. Continue lendo e saiba se essa é a melhor opção para suas necessidades.

Quem pode ter um cartão de crédito consignado

Diferentemente dos modelos tradicionais, os cartões consignados são destinados aos consumidores elegíveis à contratação de crédito consignado, ou seja, aquele que é descontado diretamente nas folhas de pagamento.
Para ter acesso ao cartão, é imprescindível que você se encaixe em um dos seguintes perfis:

  • aposentados ou pensionistas;
  • assalariados com carteira assinada;
  • servidores públicos municipais, estaduais ou federais;
  • ou, ainda, policiais das forças armadas.

Vale frisar que, no caso dos profissionais com registro em carteira, é necessário consultar se a empresa tem parceria com a administradora do cartão, pois é isso que possibilita o desconto em folha.

Como funciona o cartão

O cartão consignado funciona de forma similar aos empréstimos dessa modalidade. Com base no valor do seu benefício ou salário mensal, é disponibilizado um limite de crédito que pode ser utilizado para compras em estabelecimentos comerciais, saques e pagamento de contas.
Diferentemente do que acontece com o cartão convencional, o pagamento da fatura do cartão de crédito consignado está atrelado ao recebimento do seu salário ou benefício: o valor da fatura é descontado diretamente na folha de pagamento.
É importante saber que a margem consignável (ou seja, o valor máximo da sua renda que pode ser comprometido com empréstimos consignados) é de 35%, sendo permitido utilizar apenas 5% para gastos com o cartão consignado.
Caso o valor da fatura seja superior aos 5%, o restante deve ser quitado por meio de um boleto extra, denominado boleto de pagamento complementar, na data de vencimento informada.
As taxas de juros praticadas pelo cartão consignado são bem mais atrativas quando comparadas às dos cartões de crédito comum, sendo na faixa de 5% e, no caso de aposentados e pensionistas, 2,34%. A porcentagem de juros aplicada nos cartões comuns ultrapassa os 14%.

Quais são as principais vantagens e desvantagens

A grande vantagem do cartão de crédito consignado é que não há consulta aos órgãos de proteção ao crédito, justamente porque o pagamento é garantido com o desconto em folha. Há ainda a ausência da cobrança de taxas de emissão, manutenção e anuidade, além da baixa taxa de juros.
Quanto às desvantagens, o principal é o comprometimento de parte do salário de maneira descontrolada. Antes de utilizar o cartão de crédito — ou até mesmo de solicitar um empréstimo consignado —, é preciso analisar a real necessidade do uso. Essa é a melhor maneira de evitar o endividamento desnecessário, resultante do uso inconsciente do crédito.
Gostou do nosso artigo e tirou suas principais dúvidas sobre o cartão de crédito consignado? Então aproveite e compartilhe o post em suas redes sociais. Quem sabe algum amigo não está justamente precisando dessas informações?
banner-GB-2
Leia também:
– Compare 5 opções de empréstimo pessoal online
 As 4 melhores planilhas de gastos pessoais para o seu dinheiro
 Planilha de gastos no Excel ou controle financeiro online?
 Planilha de gastos mensais: como fazer?
]]>

Deixe seu comentário aqui

Seu enderço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *