CBD ou Poupança: GuiaBolso compara

shutterstock_124150219-1

A questão é simples: investir é sempre uma opção inteligente, já que dinheiro parado não rende. Mas antes de decidir analise a melhor estratégia para o seu bolso.

CBD ou Poupança: Como escolher?

Todo mundo sabe que a poupança é uma modalidade de investimento tradicional e segura que conta com cada vez mais adeptos. Mas também existe o CDB, ou Certificado de Depósito Bancário, que vem ganhando destaque. Descubra a seguir quais as diferenças entre esses dois produtos:

shutterstock_124029445

Detalhes sobre a poupança

A poupança é uma maneira de investir ou apenas guardar uma determinada quantia todos os meses para que possa ser usada no futuro. Ao depositar o dinheiro no banco, você garante o recebimento de uma pequena parcela de juros, o que ajuda suas economias a aumentarem. Porém, trata-se de uma modalidade destinada aos pequenos investidores.

    • Se os juros da economia estiverem acima de 8,5%, a poupança rende 0,5% ao mês + TR.

    • Se os juros forem iguais ou abaixo de 8,5%, a poupança renderá 70% do CDI + TR.
    • Isenta do imposto de renda sobre ganhos obtidos;

    • Não possui nenhum tipo de taxa de administração para a manutenção da conta.

    • Os rendimentos só caem na data de aniversário (1 mês, 2 meses…). Se sacar antes, não receberá os rendimentos.

Detalhes sobre o CDB

O CDB é um título emitido pelo banco em nome daquele que o está adquirindo. Dessa forma, o banco garante que você é o dono do dinheiro depositado, mas ao mesmo tempo pode utilizar esse recurso para fazer empréstimos a pessoas físicas ou instituições.

      • Rentabilidade é um percentual de um indicador chamado CDI, podendo variar bastante;

      • Cobra-se IOF quando o resgate for feito antes de 30 dias;

      • É mais vantajoso quando se tem uma quantia maior para investir;

      • Tem alíquotas que vão de 15% a 22,50% sobre os rendimentos.

Nem sempre a taxa de rendimento do CDB, em termos gerais, é mais vantajosa. É preciso considerar a quantia que tem para investir, visto que quanto maior ela for, melhor será o percentual oferecido pelo banco para aplicá-la no CDB, do contrário pode valer mais a pena usar a poupança, já que ela contará com a isença do IR.

Em termos de segurança, ambas as modalidades são muito parecidas, onde há a garantia do FGC, o Fundo Garantidor de Crédito para depósitos de até R$250 mil. Como em qualquer investimento, será preciso pesquisar bastante sobre taxas e valores para depósitos, uma vez que isso varia de uma instituição para outra.

Agora é só escolher alguns bancos e pesquisar sobre as condições gerais de cada opção. Peça por simulações que comparem os dois investimentos. As duas soluções são bastante acessíveis e estão à disposição de todos. Faça sua análise com cautela e usufrua dos benefícios de se tornar um investidor, melhor do que investir muito, é investir sempre.

]]>

Deixe seu comentário aqui

Seu enderço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *