Como acabar com as dívidas rapidamente

banner-620x100-2

 
Se você não sabe como acabar com as dívidas, aprenda agora a fazer isso rapidamente!
Ter dívidas é algo que impede você de realizar sonhos e ter tranquilidade financeira. Todo mundo passa por momentos difíceis. No entanto, para resolver a situação das suas finanças, é preciso elaborar um plano de ação e agir rapidamente. Descubra como acabar com as dividas:

Faça um diagnóstico preciso da sua situação

Para saber como acabar com as dívidas rapidamente é importante fazer um diagnóstico da sua real situação. Coloque no papel quanto você deve e para quem. Não se esqueça de colocar o valor total da dívida, incluindo os juros cobrados pelo credor.  Neste ponto, é importante descobrir ainda se está com o nome sujo no mercado. Um cheque sem fundo ou uma conta atrasada podem levar a empresa credora a sujar seu nome. Não espere precisar de crédito ou ter que alugar um imóvel, por exemplo, para descobrir sua situação: faça uma pesquisa nos serviços de proteção ao crédito e cartório de protestos.

Priorize as dívidas mais caras

Dívidas no rotativo do cartão de crédito e cheque especial são algumas das que cobram os juros mais altos do mercado. Para se ter uma ideia, os juros do cartão de crédito chegam a 345,8% ao ano. Já a do cheque especial chega a 220,35% ao ano. Considere até mesmo trocar estas dívidas por uma mais barata, caso não tenha recursos para quitá-las à vista. Uma opção é optar pelo crédito consignado que, segundo o Banco Central, ainda é o mais barato para o consumidor, com taxa de 26,79% ao ano.

Negocie

Depois de tomar pé da situação e descobrir quais dívidas devem ser priorizadas, é o momento de partir para a negociação. Evite intermediários: apostar no serviço de empresas que renegociam dívidas aumenta consideravelmente o custo para quem está devendo. Não tenha vergonha de pedir descontos e não abra mão de apresentar uma contraproposta para o credor. O importante é que o acordo possa efetivamente ser cumprido.

Honre o pagamento

Depois de formalizar um acordo com a instituição credora é importante honrar os pagamentos das parcelas. Caso contrário, o credor pode colocar seu nome no cadastro de maus pagadores, além de ser necessário arcar com o pagamento de juros por atraso.

Organize-se financeiramente

Quando os gastos superam as receitas, é preciso organizar-se financeiramente.  Cortar despesas desnecessárias, obter uma renda extra, arrumar um segundo emprego. Todas estas são medidas que ajudam a colocar as finanças em dia. Neste momento é essencial que toda a família se ajude.

Tenha um propósito

Ter um objetivo ajuda a tornar o controle financeiro parte da rotina. Reflita sobre suas metas e o que você precisa para realizá-las, como comprar um bem, fazer uma viagem, poupar para pagar a faculdade do filho etc.

Planeje o pagamento das dívidas

O pagamento das dívidas deve estar previsto no seu planejamento financeiro. Dependendo da gravidade do problema, reserve até 15% da sua renda mensal para quitar os débitos.
Agora que você aprendeu como acabar com as dividas é hora de partir para ação e dar o primeiro passo em busca de uma vida financeira tranquila.
 
banner-620x100-1Leia também:
 As 4 melhores planilhas de gastos pessoais para o seu dinheiro
 50 dicas para aprender como economizar dinheiro
 Planilha de gastos no Excel ou controle financeiro online?
 Planilha de gastos mensais: como fazer?]]>

Deixe seu comentário aqui

Seu enderço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *