Como economizar nas viagens de família

shutterstock_111645758-1

Viajar em família é uma experiência incrível, mas tem seu preço e pode ser uma bomba no orçamento mesmo para quem está com as contas em dia e em paz com as finanças. Um bom planejamento, no entanto, pode fazer milagres e garantir um tempo satisfatório de lazer com a família sem comprometer as contas.

Como está o seu orçamento?

A melhor maneira de nunca se apertar ou de pelo menos saber exatamente o tamanho do aperto é conhecer bem a situação das suas finanças. Se você não tem o hábito de acompanhar o orçamento, vai se surpreender com os gastos que tem e que mal se dá conta. Antes de programar, que tal ver se o que está entrando é o suficiente e se dá para poupar um pouco por mês? Fazer um orçamento é bem simples, basta somar todos os rendimentos e deles subtrair todas as despesas, o valor que sobra é o que você tem disponível não só para viagem, mas também para investir, adquirir bens ou apenas poupar. Feito isso, avalie qual seria o valor ideal para gastar com a viagem e faça a sua programação com base nesta quantia.

shutterstock_111645758

Programe-se com antecedência

Quanto mais cedo você se programar, maiores são as oportunidades de garantir preços mais em conta e de avaliar qual é o período e destino que melhor cabem no seu bolso. O planejamento realmente pode ajudar na hora de conseguir descontos, principalmente se você vai viajar de avião. Além do mais, a programação antecipada permite que você consiga escolher com calma o local em que pretende se hospedar. Há cidades que em determinados períodos do ano ficam tomadas de turistas e quanto menos vagas disponíveis pior para você, que terá que se contentar com as opções que vierem (geralmente, as mais caras).

A vantagem da idade

Passagens aéreas, rodoviárias, cruzeiros e hotéis oferecem gratuidade às crianças, dependendo da idade. Se você estiver na dúvida em viajar de carro ou de avião (ou ônibus), faça o cálculo do quanto cada vai gastar na estrada, inclusive com pedágios. Depois, compare com o valor das passagens, que podem, inclusive, sair bem em conta se você ficar de olho nas promoções e pesquisar bem. Lembre-se também que terá de gastar com a revisão do carro e considere, ainda, o tempo dispendido com a viagem, o que se reflete em mais tempo para aproveitar com a família.

Faça um orçamento da viagem

Depois de definidos o período da viagem, local, hotéis e meio de transporte, faça um orçamento de todos os gastos. Some o custo das passagens, das acomodações, das refeições, um valor para gastar com lazer (se você se informar sobre os passeios turísticos terá uma noção média de gasto), outro valor para compras e demais despesas que você já identificou que terá com a viagem.

Pronto, você tem uma noção clara de quanto terá que desembolsar. Compare-a com o fluxo de caixa dos seus rendimentos e veja se as contas estão compatíveis. Talvez seja necessário fazer ajustes no orçamento da viagem ou no orçamento familiar, para garantir a verba necessária. Mas aproveite também o cálculo total para comparar o preço de um pacote de viagem para o mesmo destino. Dependendo do tamanho da família, o pacote pode ser uma opção bastante econômica.

O planejamento e a pesquisa dos preços e do quanto será gasto durante a viagem são indispensáveis para evitar os gastos desnecessários.

 ]]>

Deixe seu comentário aqui

Seu enderço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *