Como Escolher uma Corretora de Valores

Saber como escolher a melhor corretora de valores é o primeiro passo para aumentar a rentabilidade do investimento.

guiabolso

Publicado em 08/04/2021

Por The Capital Advisor

Saber como escolher a melhor corretora de valores é um passo importante para começar a investir sem erro e aumentar a rentabilidade do seu investimento.

Qual corretora de valores devo abrir a minha conta?

Essa é a primeira pergunta que você deve fazer antes de escolher uma ação para investir seu dinheiro.

Obter sucesso no mercado de ações começa pela escolha certa da corretora.

Neste artigo você encontrará tudo que precisa saber antes de abrir uma conta na corretora, dicas dos serviços prestados, valores cobrados, onde e como comparar as corretoras existentes e muito mais.

Corretora não é Gestora

Esse é um dos erros mais comuns dos investidores.

Acham que a corretora de valores fará a gestão de seus investimentos (decidir quanto e qual ação comprar ou vender), mas na realidade a corretora apenas fornece o acesso ao ambiente de negociações da bolsa de valores.

Não pense numa corretora para cuidar do seu dinheiro, a melhor pessoa para isso é você mesmo, então não escolha uma corretora com a ideia de que ela fará esse serviço para você.

Compare as Corretoras

Leve em conta quatro critérios na hora de comparar uma corretora de valores: preço, atendimento, serviços e ferramentas oferecidas.

Para um investidor iniciante, pode ser importante ter uma corretora que ofereça um bom acervo de material sobre como investir em ações.

Para o investidor experiente e que negocie diariamente será mais importante ter um sistema de “home-broker” (venda e compra de ações pela Internet) que funcione rapidamente e sem falhas.

Para ambos investidores as ferramentas facilitarão o trabalho, como o cálculo de imposto de renda integrado, onde o investidor não precisa se preocupar em calcular quanto deverá pagar de imposto de renda sobre os investimentos.

Pesquise a reputação

Pesquise na internet sobre o que os outros investidores estão falando sobre a corretora que você pretende abrir a conta.

É importante ver a experiência que outros investidores tiveram ao utilizar a corretora.

Veja se os problemas que eles passaram é algo importante para você ou não.

Lembre-se que credibilidade e segurança são os fatores mais importantes na hora de enviar seu dinheiro para uma corretora.

Avalie os custos

Se a corretora estiver muito barata é porque deve ter pouco a oferecer, não existe milagre, você recebe por aquilo que paga.

O custo da corretagem não deve ser o mais importante, avalie quais serviços estão incluídos nas taxas, senão talvez você acabe pagando por algum serviço que em outra corretora era gratuito.

Veja quais serviços você precisará da corretora e se ele está incluído nas taxas.

Valor mínimo

Algumas corretoras cobram um depósito mínimo de R$ 5 mil ou R$ 10 mil para abrir uma conta.

Isso pode ser demais para alguns investidores iniciantes, se for o seu caso tente negociar.

Alternativas de investimento

Não pense apenas em ações, lembre-se que algumas corretoras oferecem outras alternativas de investimentos, como renda fixa, títulos do tesouro, debêntures, mercado futuro, ouro, etc.

Ter opções de investimento mais conservador é importante na hora de equilibrar sua carteira, retirando da renda fixa para comprar ações ou vice-versa.

Atendimento ao cliente

Faça uma ligação telefônica ao serviço de atendimento ao cliente da corretora para tirar uma dúvida, para testar quanto tempo leva para conseguir lhe responder.

Se o tempo de atendimento de teste for demorado, imagine se você fosse um cliente tentando vender uma ação, mas o sistema home-broker estivesse com problemas.

Desconto inicial

Algumas corretoras oferecem descontos nas primeiras operações para você abrir conta com eles, como isenção na corretagem ou desconto em operações.

Isso é bom mas logo acaba e se o serviço prestado for ruim ou insuficiente de nada adiantou receber o desconto inicial.

Segurança em primeiro lugar

Para ter sucesso nos seus investimentos a escolha de uma boa corretora é o primeiro passo

Se considerar a economia de taxas e a qualidade de serviços que você irá utilizar farão com que seu patrimônio aumente no longo prazo. 

Para não cair em alguma armadilha nessa escolha, lembre-se de ver se a corretora possui alguns pontos básicos como:

  • taxas adequadas;
  • serviços com qualidade;
  • ferramentas que você irá utilizar;
  • descontos;
  • valor inicial.

Por último, não leve em consideração apenas os custos, avalie bem a reputação da corretora, pois a segurança do seu dinheiro vem em primeiro lugar.

Basta seguir essas dicas que com certeza você escolherá uma boa corretora para seus investimentos.

Baixe o app pra acompanhar suas finanças e tomar as melhores decisões na palma da mão!

Baixar app Guiabolso

Leia mais

Deixe seu comentário aqui

Seu enderço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *