Como manter o poder aquisitivo ao se aposentar?

dicas-aplicacao-poder-aquisitivo-aposentadoria-1

A expectativa de vida no Brasil subiu 25,4 anos, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O ritmo acelerado de vida, a divisão entre trabalho e tarefas domésticas e um maior planejamento financeiro têm feito com que a família brasileira tenha cada vez menos filhos.

Essa mudança na pirâmide etária representa um aumento significativo no percentual de idosos no Brasil. Em 50 anos, a população da “melhor idade” mais do que dobrou, passando de 3,3 milhões, em 1960, para 20,5 milhões, em 2010. Todos esses dados representam uma pressão financeira ainda maior sobre a Previdência Social, o que alerta os brasileiros para a necessidade de construir um patrimônio robusto, a fim de desfrutar na aposentadoria do mesmo poder aquisitivo, sem depender da Previdência Pública, cujo déficit já passa de R$ 4,9 bilhões.

Para não ficar nas mãos de uma Previdência semifalida, a dica é, o quanto antes, calcular quais serão seus possíveis gastos durante a terceira idade. Calcule baseado no estilo de vida dos idosos que você conhece, quais são suas necessidades mais comuns, valores com alimentação, lazer, contas, gastos médios com medicamentos e custo dos planos de saúde para maiores de 60 anos. Em seguida, ajuste esses valores segundo a inflação média dos últimos 10 anos. Multiplique esse índice alcançado pela quantidade de anos que o separam da aposentadoria. Agora você já sabe quanto precisa ter como renda na terceira idade!

Feito esse cálculo do poder aquisitivo mínimo, chega a hora de colocar “mão na massa”. Existem diversos tipos de controle financeiro que você pode fazer e que garantirá os recursos que você precisa para desfrutar de uma vida digna. O ideal é começar esse planejamento aos 25 anos, já que você teria 35 anos de aplicações (até os 60 anos).

Procure montar uma carteira de investimentos diversificada.  5% a 15% de sua renda mensal em aplicações mais arriscadas, como Títulos do Tesouro ou ações. Outros 15% podem ser destinados a Fundos Multimercados, DI, CDB e outros investimentos mais conservadores, que serão aumentados todos os meses, com os mesmos valores.

Com um controle financeiro adequado, aplicações inteligentes e metas a serem alcançadas, você certamente conseguirá manter seu poder aquisitivo na terceira parte da vida!]]>

Deixe seu comentário aqui

Seu enderço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *