Como Organizar suas Finanças para Investir

Veja como organizar suas finanças para começar a investir do zero e melhorar o seu padrão de vida.

Guiabolso

Publicado em 04/03/2021

Por The Capital Advisor

Saber como organizar suas finanças pessoais é o primeiro passo para você começar a investir do zero e melhorar o seu padrão de vida.

Ninguém consegue ter saúde financeira, ser bem-sucedido do ponto de vista das finanças pessoais, sem antes estar com as contas em dia.

Você precisa saber tudo o que ganha e também tudo o que gasta mês a mês.

Parece simples?

Mas não é.

Uma prova disso é que 63,8 milhões de brasileiros começaram 2021 com as contas em atraso, conforme apontou a Serasa Experian, impulsionada pelo desemprego no país.

O total de pessoas com contas em atraso representa 40,8% da população adulta do país.

Isso significa que o endividamento chegou ao seu maior nível desde 2010, quando a série passou a ser contabilizada.

Portanto, comece seguindo a recomendação: elimine suas dívidas.

Mas lembre-se de que nem todas as dívidas são ruins para você.

Dívida Boa vs Dívida Ruim

Em Finanças, dizemos que existe diferença entre dívida boa e dívida ruim.

Dívida boa é sustentável.

Logo, é aquela que gera dinheiro e faz aumentar o patrimônio líquido ao longo do tempo, veja alguns exemplos:

  • financiamento imobiliário: para a aquisição de um patrimônio;
  • financiamento estudantil: a educação é um ativo que gerará renda no futuro;
  • empréstimo: capital de giro para expandir uma empresa, aumentar o patrimônio e gerar mais renda.

Dívida ruim está relacionada ao consumo de bens ou objetos que se depreciam ao longo do tempo.

É o tipo de dívida que reduz o patrimônio líquido e o fluxo de caixa.

As dívidas ruins podem levar você à inadimplência.

São exemplos que prejudicam seriamente a vida financeira:

  • empréstimo pessoal para a compra de bens de consumo;
  • dívidas do cartão de crédito;
  • financiamento para a compra de um automóvel.

O que você precisa fundamentalmente entender:

se contrai dívidas sem necessidade, compromete o seu orçamento pessoal ou familiar e isso pode trazer danos irreparáveis para a sua estabilidade financeira.

O segredo está em subverter a lógica do endividamento.

Para isso, vou apresentar 5 passos de finanças pessoais que vão colocar você no trilho da prosperidade financeira

Gastar menos do que ganha

Independente se a sua renda for grande ou pequena, a dica é não gastar tudo que você ganha.

Lembre-se que essa é a regra número #1 das pessoas ricas.

Esse é o começo de tudo.

É aqui que você dá o primeiro passo em direção a realização de seus sonhos e a conquista da sua liberdade financeira.

Pense assim:

Se você ganha R$ 1 mil por mês e gasta R$ 900, você está em melhor situação que alguém que ganha R$ 100 mil por mês e gasta R$ 120 mil.

Aprender a poupar dinheiro

Poupar é adiar o consumo atual visando um consumo maior no futuro.

É a parcela da renda que alguém não gasta no período em que a recebe e, por consequência, reserva para ser usada em um momento futuro.

Seria como se você deixasse de comprar a bicicleta hoje para adquirir uma moto no futuro.

As pessoas se motivam a começar a investir por 2 motivos básicos:

  1. Consumir mais no futuro, que pode ser breve ou longo;
  2. Enfrentar o declínio que a natureza impõe à capacidade produtiva. Essa é a ideia da aposentadoria. Logo, gasta-se menos do que se ganha para acumular reservas financeiras a serem utilizadas no futuro.

Lembra da história da cigarra que passou todo o verão cantando e se divertindo enquanto a formiga trabalhava acumulando provisões para enfrentar o inverno?

Na história, a cigarra termina desamparada e com frio.

Tenho certeza que você vai preferir ser a formiga em sua vida…

Evitar gastos supérfluos

No filme Clube da Luta (1999), há uma frase que me marcou muito e que aqui reproduzo:

“Trabalhamos para comprar coisas que não precisamos.”

Isso não pode ser mais verdade.

Isso acontece porque as pessoas confundem desejo com necessidade.

Portanto, a ideia aqui é:

sempre que se deparar com uma situação de consumo, reflita se realmente precisa daquele produto ou serviço.

Quando enfrento uma situação dessas, evito consumir no calor da hora. Deixo para tomar a decisão no dia seguinte.

Assim, durmo primeiro e penso melhor na compra depois.

Parece mágica, mas funciona.

Economizar de 10% a 20% de sua renda mensal

Depois de pensar e reconfigurar como você gasta o seu dinheiro, é o momento de economizar e começar a investir.

Uma boa maneira de fazer isso é separando todo começo do mês entre 10% e 20% de sua renda mensal.

Parece difícil?

Então, comece pequeno.

Economize nos primeiros três meses 5% de sua renda.

No segundo trimestre, dobre para 10%.

Depois, 15%, e chegue a 20% ao final de um ano.

Aos poucos, você verá seu patrimônio aumentar e, com ele, também sua segurança financeira.

É recompensador!

Anotar os seus gastos

Até aqui, você já deve ter se dado conta de que é difícil atingir a liberdade financeira sem saber para onde está indo o seu dinheiro.

Pode parecer complicado, mas a prática de tomar nota diariamente de cada gasto é de extrema importância para que você consiga se organizar financeiramente.

Há algumas ferramentas para tornar esse hábito mais acessível a todo mundo.

A alternativa tradicional é usar uma planilha de controle financeiro, como a que separei aqui para você.

Explore o documento e verá que oferece um ótimo ponto de partida para controlar gastos.

Você pode usar o app criado pelo Guiabolso.

O aplicativo é 100% gratuito e funciona perfeitamente com o estilo de vida de nosso tempo.

O app sincroniza a sua conta corrente ou poupança e cartões de crédito.

Com isso, você pode acompanhar todas as transações bancárias no smartphone – e inclusive em uma versão desenhada para a web.

O Guiabolso permite criar categorias de compras, descrever transações, incluir hashtags, etc.

Outra grande vantagem: é possível fazer o planejamento dos gastos mensais. Ao criar metas, você pode avaliar se elas estão sendo cumpridas.

Baixe o app pra acompanhar suas finanças e tomar as melhores decisões na palma da mão!

Baixar app Guiabolso

Leia mais:

Deixe seu comentário aqui

Seu enderço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *