6 dicas para organizar seu orçamento doméstico

banner GB

orçamento domésticoOrganizar seu orçamento doméstico é um passo importante para ter controle sobre as finanças e conseguir ter dinheiro suficiente para quitar dívidas e alcançar seus sonhos mais caros, como fazer uma viagem ou ter segurança financeira no futuro. Determinação, persistência a algumas mudanças de hábitos vão ajudá-lo a manter as finanças em dia. Veja 6 hábitos que você tem que ter para organizar seu orçamento doméstico:

1 – Fazer um diagnóstico do orçamento doméstico

O primeiro passo para organizar o orçamento doméstico é fazer um diagnóstico da situação financeira. Para isso, é importante reservar um tempo para analisar suas finanças:  quais são suas receitas, seus gastos, principalmente, em que categorias estão suas principais despesas (Alimentação, Transporte, Lazer etc). Este diagnóstico funcionará como um guia. A partir dele, é possível avaliar a situação das suas finanças e onde é preciso cortar gastos e economizar.

2 – Cortar gastos desnecessários

Com o diagnóstico do orçamento doméstico em mãos, é hora de partir para o corte de gastos desnecessários. Comece pelos supérfluos ou serviços que você não usa mais, como assinatura de revistas, mensalidade de provedores, academia e afins. Reduza, também, os excessos, como despesas com bares e restaurantes, gastos com lazer, compras frequentes etc.

3 – Definir metas financeiras

Ter metas financeiras ajuda a controlar os gastos e conseguir economizar uma quantia por mês. Quitar dívidas, guardar 15% do salário, poupar X por mês para conseguir realizar um sonho, como fazer uma pós-graduação ou comprar um apartamento estão entre as metas financeiras que você pode definir. Para ter sucesso, é importante estipular quanto você tem que juntar por mês para realizar a meta e que hábitos você precisa mudar para alcançar seu objetivo.

4 – Poupar parte do orçamento doméstico

Independentemente das suas metas financeiras, um hábito essencial para organizar seu orçamento doméstico é poupar uma parte do que você recebe todo mês.  O ideal é destinar 15% da sua renda para as prioridades financeiras. Quem tem dívidas, deve usar este valor para quitá-las. Quem está com as finanças em dia, deve guardar este dinheiro para emergências e para a realização de sonhos.

5 – Utilizar uma ferramenta de controle financeiro

Fazer controle financeiro é essencial para organizar seu orçamento doméstico. Ao apostar em uma ferramenta para gerenciar seu dinheiro, você sabe quanto está gastando e onde estão suas principais despesas, o que torna o controle mais fácil. Entre as ferramentas disponíveis, estão as planilhas de orçamento doméstico. Veja os modelos disponíveis aqui!

6 – Utilizar o aplicativo do GuiaBolso

Único gerenciador totalmente automático do mercado, o GuiaBolso torna o controle das suas finanças muito mais simples. Por meio do site ou do aplicativo, basta inserir os dados do internet banking e a ferramenta lista todas as movimentações que foram feitas na conta corrente e no cartão de crédito, categorizando automaticamente as despesas. Assim, fica mais fácil saber onde é possível economizar e cortar gastos.

E você, já pratica algum destes hábitos para organizar seu orçamento doméstico? Não deixe de conferir também o post em que damos dicas para ter controle na economia doméstica!

banner GB 2Leia também:
 As 4 melhores planilhas de gastos pessoais para o seu dinheiro
 50 dicas para aprender como economizar dinheiro
 Planilha de gastos no Excel ou controle financeiro online?
 Planilha de gastos mensais: como fazer?

]]>

Deixe seu comentário aqui

Seu enderço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *