Conheça seus direitos em atrasos e cancelamentos de voos para controlar as despesas

direitos-atrasos-aeroportos-2

A despeito do Brasil possuir mais de 200 aeroportos públicos, 90% do tráfego aéreo no país está concentrado no Sudeste. O fluxo que se intensifica nos meses de férias. E é sobretudo no mês de dezembro, quando milhares de famílias estão de malas prontas para realizarem sua viagem de fim de ano (após um rígido controle de despesas ao longo da temporada) que as falhas no setor aéreo se tornam mais latentes.

respeito direitos do consumidor aeroportos
Entretanto, quem se sentir lesado em sua viagem de fim de ano, deve estar com a Resolução 141, da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), na ponta da língua. De acordo com as determinações da entidade fiscalizadora, se as companhias aéreas atrasarem seus voos em mais de uma hora, o consumidor tem, entre outros direitos, a possibilidade de ter canais de comunicação (internet e telefone) à disposição.
direitos atrasos aeroportos fim de ano
Se o atraso for superior a duas horas, a companhia aérea deve oferecer alimentação adequada aos seus clientes. Já se a espera for superior a quatro horas, cabe às empresas oferecerem acomodação, traslado e, se necessário, serviço de hospedagem. Neste último caso, o passageiro pode também solicitar seu dinheiro de volta.
 
A realização de uma viagem implica em um rígido e sacrificante controle de despesas. Não abra mão de seus direitos. Contate um posto da ANAC no aeroporto ou ligue para o Procon (151) caso se sinta lesado pelos constantes atrasos e cancelamentos de voos.]]>

Deixe seu comentário aqui

Seu enderço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *