Controlando os gastos no restaurante!

02F56906

02F56906

Você é daqueles que vai a um restaurante, degusta ótimos pratos e confere tudo de bom que a culinária do local tem a oferecer, mas quando pede a conta para o garçom, percebe que o preço de tudo que consumiu lhe causou indigestão? Se respondeu “sim”, saiba que não está sozinho. Muitas pessoas abusam no restaurante ou ficam seduzidas pelo ótimo cheiro que sai da cozinha. E, só mais tarde, percebem que gastaram muito mais do que poderiam.

Mas, calma! Não precisa fechar a boca ou arrumar um serviço como lavador de pratos para pagar todas as suas contas em restaurantes. A solução é bem mais fácil. E, para ajudá-lo nesta missão, elaboramos um guia com dicas para que você possa aproveitar as delícias de um restaurante sem se preocupar com a conta no final.

Quer saber quais são elas? Então, confira aí!


Planeje quanto gastará

Esta é uma dica que, apesar de parecer mesquinha, pode ser muito válida. A ideia é planejar aquilo que você pretende gastar em um restaurante: o que vai comer (entrada, prato principal, sobremesa, bebida e o que mais quiser), quanto vai gastar e como vai pagar por tudo que consumir. Você pode definir, por exemplo, que vai gastar de R$ 45 a R$ 50 e, dentro deste orçamento, escolher o que é possível consumir. Dessa forma, dá para controlar os seus gastos e não se assustar com excessos no final da refeição.

 

Utilize os cupons e vouchers

Hoje, é fácil economizar e aproveitar bons restaurantes. Para isso, basta utilizar os cupons e vouchers disponíveis em guias culinários e sites de compras coletivas. Há pessoas que até colecionam estes itens para, posteriomente, conseguir degustar uma refeição gratuitamente. Com as dicas e sugestões destes produtos, você pode até conhecer novos estabelecimentos e, de quebra, poupa algumas cifras na conta final.

 

Vá direto ao principal

Se puder, não peça aperitivos e pratos de entrada. Em muitos casos, estes itens só vão aumentar o valor de sua conta e não vão oferecer o melhor do restaurante. Por isso, se quiser economizar, escolha, logo de cara, o prato principal. Se quiser forrar o estômago para ter mais paciência para esperar pela refeição principal, prepare os aperitivos em casa. Dessa forma, você gastará bem menos e não perderá nenhum item de uma degustação completa.

 

Não peça mais do que pode comer

Tudo bem, não há necessidade de fechar a boca ou deixar de ir a restaurantes. Mas, é necessário que você não gaste mais do que pode consumir. Uma boa regra para economizar nas mesas destes estabelecimentos é tentar reduzir o tamanho dos pratos. Por isso, antes de pedir ou se servir, pense e repense se conseguirá comer tudo e, se não tiver tanta certeza, reavalie suas opções.

 

Escolha menus fechados

Em muitos restaurantes, é possível pedir menus com direito a todas as opções de uma refeição completa – entrada, prato principal, sobremesa – a preços mais baratos. Além de garantir um preço fixo, eles oferecem ótimas sugestões do estabelecimento. Dessa forma, você não precisa se preocupar em ficar escolhendo o que irá comer e nem ficar ansioso para saber se exagerou muito ou se ultrapassou o limite que queria gastar.

 

Cuidado com a sobremesa!

A doçura de uma boa sobremesa pode amargar na hora de descobrir o seu valor. Em muitos casos, elas são opções bem inflacionadas e não condizem com o preço que valem. Por isso, se você quiser degustar uma fatia de algum bolo, torta, pudim ou doce, lembre-se de analisar se eles são dignos de apreciação. Caso contrário, você pode esperar um pouco mais, passar em uma confeitaria e se deliciar com opções mais baratas.

Unir a saúde financeira com a satisfação de sua fome é bem mais fácil de acontecer. Basta apenas que, antes de sair de casa e se dirigir ao restaurante mais próximo, analise bem as suas opções, controle a sua gula e se planeje. Se você realizar estas atitudes, é possível que as delícias da refeição que você acabou de degustar não terminem em uma indigestão e uma conta altíssima.

 

E, você? Possui alguma dica para aqueles que não querem perder o prazer de ir a um restaurante sem deixar de controlar os gastos? Deixe suas ideias nos comentários abaixo!

]]>

Deixe seu comentário aqui

Seu enderço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *