Controle as despesas - evite comprar mais eletrodomésticos

controle-de-despesas-nao-combina-com-o-superfluo-2

Com a economia brasileira ainda mais equilibrada, permitindo adquirir bens e serviços variados, os consumidores precisam, primeiramente, fazer um controle de despesas. Com o cartão de crédito em mãos e a possibilidade de contrair mais carnês em lojas, comprar eletrodomésticos é o que muita gente tem feito devido a essas e outras facilidades, seja para substituir o que já está em casa, mais antigo, ou algum para novas funcionalidades.

eletrodomestico No entanto, será que você realmente precisa adquirir eletrodomésticos agora? Não é possível esperar alguns meses?

Não é todo o mês que você precisa chegar à sua casa com alguma novidade, principalmente eletrônicos. É lógico que é sempre gostoso sentir o cheiro de algo novinho, mas acumular dívidas é sempre arriscado, ainda mais em um ano com inflação dando o ar da graça e sem as tais facilidades da isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) a muitos setores.

orcamento eletrodomesticosVamos supor que você queira comprar uma geladeira fazendo o controle de despesas. Alguns dos modelos mais em conta do mercado custam de R$600 a R$700, em média. Tente dar uma segurada no orçamento e vá guardando um dinheiro, nem que seja R$50 por mês (ou o quanto puder).

Caso consiga, no fim de um ano, juntar um valor x para adquirir eletrônicos e eletrodomésticos, é possível até pleitear alguns bons descontos no pagamento à vista. Você ainda terá a oportunidade de dividir o valor total em poucas vezes sem juros.

eletrodomesticosNo fim das contas, você deve se perguntar: preciso comprar isso ou aquilo ou posso viver sem essas coisas? Caso seja dispensável, o melhor jeito em tempos de aperto financeiro é juntar dinheiro.]]>

Deixe seu comentário aqui

Seu enderço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *