Fazer um consórcio de carros vale a pena?

banner-GB

consórcio de carros vale a penaFazer um consórcio de carros vale a pena ou seria melhor um financiamento? Essa é a dúvida de muitos na hora de adquirir esse novo bem ou trocar o modelo antigo. A verdade é que essa pergunta não tem uma resposta certa. As duas opções têm suas vantagens e desvantagens, e cada caso deve ser analisado com cuidado para tomar a melhor decisão.

Por isso, preparamos hoje um guia para te mostrar quando é melhor buscar um consórcio ou financiamento e te ajudar na hora de fazer sua escolha!

Mas afinal, como funciona o consórcio?

O consórcio de carros, ao contrário do que muitos pensam, não é uma forma de investimento, mas sim uma maneira de adquirir o bem desejado. Nessa modalidade, um grupo de pessoas se junta para fazer uma poupança de um valor predeterminado — no caso de um consórcio de carros, o valor é referente ao custo de compra de determinado modelo de veículo.

Essa quantia dividida em um número de parcelas mensais pagas para uma empresa, que será responsável por administrar o dinheiro. Um participante poderá ser contemplado com a carta de crédito no valor do carro em três momentos:

  • Se for sorteado: as administradoras realizam sorteios mensais entre os participantes para receber a carta antes do término das parcelas;
  • Se der um lance: o consórcio oferece leilões onde o participante pode oferecer o chamado lance, que é o pagamento de um valor antecipado. Caso o lance seja o maior, ele será contemplado com a carta;
  • Ao fim das parcelas: todos os participantes que não tiverem sido sorteados ou contemplados pelo lance, receberão, ao fim das parcelas, a carta de crédito no valor do veículo.

No caso do consórcio, não dá pra ter certeza de quando poderemos adquirir o bem. Caso tenha contratado um programa de 75 meses, por exemplo, pode ser que tenha que esperar todo esse tempo para ter seu carro novo. Porém, em um consórcio não são cobrados juros, existindo somente uma taxa de administração paga à empresa administradora, que gira em torno de 20% do valor total pago.

Consórcio x Financiamento

Já o financiamento também funciona por meio do pagamento mensal de parcelas do valor do veículo adquirido. Nesse caso, recebemos o carro no momento de contratação dessa modalidade. Porém, isso vem com um custo extra: os financiamentos cobram taxas de juros altas, além de, em alguns casos, ser necessário o pagamento de uma entrada. Os bancos geralmente fazem análise de crédito, podendo conceder ou não o empréstimo para o solicitante.

Para quem pode esperar e quer fugir dos juros, sem dúvidas o consórcio de carros vale a pena. O custo financeiro é menor nessa modalidade e ela é uma boa opção para quem quer poupar e tem dificuldades. Porém, se você precisa do veículo na hora e dispõe de uma quantia para dar de entrada (como o valor da venda de um carro antigo), o financiamento é o caminho mais indicado!

E aí, agora já sabe de o consórcio de carros vale a pena? Curta nossa página no Facebook e fique de olho nas nossas dicas!

banner-GB-2

Leia também:

- Compare 6 opções de empréstimo pessoal online
 As 4 melhores planilhas de gastos pessoais para o seu dinheiro
 Planilha de gastos no Excel ou controle financeiro online?
 Planilha de gastos mensais: como fazer?

Comments

comments

3 Comments

  1. Uma dica interessante seria mudar a cor da letra dos textos e títulos (cinza e azul claro). Está extremamente clara, dificultando a leitura.
    Trabalho com pessoas com baixa visão e o site não fica inclusivo por conta disso.

    • Oi, Gabriela

      Obrigada pela sugestão. Já passamos para os desenvolvedores do site. Se tiver outras sugestões nos avise!

  2. Verdade!!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *