Dicas para comprar seu imóvel

womanHouse-2

A sensação de comprar a casa nova é única, mesmo para aqueles que não são marinheiros de primeira viagem. Mas por ser um bem de alto valor, os cuidados ao realizar uma transação desse tipo devem ser dobrados. É preciso ficar atento ao mercado imobiliário, observar possíveis oscilações de preços e, principalmente, decidir o que vale mais a pena para você: pagar à vista ou financiar.

Nem todos dispõem de recursos suficientes para quitar um apartamento ou casa de uma única vez. Mas mesmo se esse for o seu caso, é importante considerar essa opção (mesmo que isso adie o sonho da casa própria por alguns anos). Entenda porque comprar à vista pode ser a escolha ideal:

womanHouse

Quanto você pode pagar?

Não importa se você tem dinheiro em mãos ou se pretende financiar o imóvel. O primeiro passo deve ser: estabelecer um teto. Faça todas as contas que achar necessário e estabeleça o valor máximo que você está disposto a pagar pelo futuro lar.

Faça uma pesquisa

Liste as características do imóvel que você deseja, bem como a localidade ideal e comece sua busca. Pesquise não só a base de preços, como boas opções entre lançamentos (ainda em obra), novos e usados. Os valores de cada um variam bastante e é bom considerar os prós e os contras de cada possível escolha.

Normalmente, os imóveis mais antigos saem mais em conta, mas em grande parte precisam de reparos. Se isso não for custar caro e não incomodar, pode ser uma boa pedida decidir pelo usado. Dá até para pechinchar. Depois, decida por uma das categorias e afunile a pesquisa. Anote todos os dados coletados e parta para o ataque.

À vista e com desconto, por favor

Para todo comerciante, receber pela mercadoria à vista é, além de segurança, sinal de dinheiro em mãos. O mesmo acontece no mercado imobiliário: nos casos em que o cliente paga à vista, é normal conseguir uma redução no custo. Para um valor alto, isso significa uma bela economia! Além disso, normalmente, as transações acontecem de forma mais rápida entre as partes.

Veja algumas vantagens de pagar à vista:

  • Não existe endividamento;

  • Você adquire poder de barganha;

  • Pode economizar bastante na compra;

  • Não fica atrelado a prestações longas.

Definitivamente, eu não consigo pagar tudo à vista. O que faço?

Calma. O que você precisa saber é que, mesmo com juros pequenos, os financiamentos desta categoria vão fazer o seu bem custar praticamente o dobro do valor de compra. Isso mesmo, quando você acabar de pagar as parcelas (que vão perdurar por anos), você vai ter investido o dobro. Às vezes pode ser mais vantajoso economizar bastante durante algum tempo e dar uma bela entrada, para que as parcelas não fiquem tão longas e o custo final não seja tão caro. Mas para quem não gosta, ou não pode esperar, o financiamento, se bem calculado, pode não ser tão ruim assim.

Veja algumas vantagens de financiar:

  • É possível usar seu FGTS para quitar algumas parcelas ou dar como entrada;

  • Você vai pagar por um imóvel pronto, provavelmente um valor parecido com o do seu aluguel atual. Logo, uma coisa substitui a outra;

  • As parcelas podem se estender até 30 anos (o que reduz o valor de cada uma);

  • O valor do imóvel fica congelado (se o mercado ficar aquecido, o bem já foi financiado e o valor contratado permanece o mesmo);

  • É uma forma de você ter o imóvel hoje.

Caso não esteja completamente seguro, talvez seja interessante conversar com alguém da sua confiança e pedir uma consultoria. Quem sabe, você não encontra um caminho alternativo, que te ajuda a tomar a melhor decisão.

]]>

Deixe seu comentário aqui

Seu enderço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *