Dicas para pagar o menor preço em qualquer compra

02J81762

02J81762

Ninguém gosta de pagar a mais por um serviço ou produto. Na verdade, a maioria das pessoas adora receber descontos e ter a sensação de que fez um bom negócio. Mas como saber se você está comprando determinado item por um preço justo? E se o preço não for uma maravilha, como negociá-lo?

Bom, o fato é que realmente é bem difícil descobrir se o produto ou serviço é o mais barato do mercado, mas você tem uma boa arma nas mãos: independentemente do preço é possível pechinchar! Continue lendo o nosso artigo e descubra como pagar um valor menor em qualquer compra.

 

Não se conforme com o preço divulgado

Os comerciantes tendem a precificar os serviços e produtos  já contando com uma margem para negociação. Se você se conformar com o valor anunciado, o lucro do comerciante será maior. Se você negociar o preço, o vendedor permanecerá tendo lucro, mas você também ganhará. Use essa vantagem a seu favor, pois é você quem tem o poder de escolha e de compra. De modo geral, a empresa fará o possível para não perder a venda.

 

Saiba onde e como negociar

A regra mencionada acima vale para compras presenciais e diretas. No e-commerce, por exemplo, ela não costuma surtir efeito. Se você for fazer compras em uma feira livre, você pode sim pedir descontos ao feirante, já nos supermercados essa estratégia não funciona. Pechinchar em um outlet também não é conveniente, uma vez que esse tipo de estabelecimento oferece preços muito abaixo do mercado.

Quanto à forma de negociar, vale destacar que a pechincha deve ser respeitosa e oportuna. Dizer que o preço é um “roubo” pode acabar ofendendo o comerciante e isso não vai te  levar a lugar nenhum. É melhor falar que você quer muito adquirir o item, mas não pode pagar o preço. Em seguida, pergunte o que o vendedor pode fazer para que você compre imediatamente.

 

Pesquise e compare preços

Pesquisar e comparar preços é uma regra que vale tanto para o mercado físico, quanto para o mercado digital, independentemente da área de atuação da empresa vendedora. Lembre-se que você nunca saberá se um preço é justo ou não, se não tiver noção do preço médio praticado no comércio. Fique atento aos comerciais televisivos, confira os anúncios impressos e faça pesquisas na internet. Existem bons sites de comparação que mostram onde um mesmo produto está sendo vendido por um preço mais baixo e por um preço mais alto.

 

Lembre-se que tempo é dinheiro

Pesquisar preços é extremamente importante, mas cuidado para não exagerar e acabar perdendo tempo (e dinheiro) no afã de economizar alguns centavos. Se você passar muitas horas pesquisando e comparando valores, a sua produtividade no trabalho, por exemplo, pode diminuir e, de certo modo, isso pode afetar as suas finanças. Tempo é dinheiro. Pense nisso!

 

Ameace desistir do negócio

A empresa sabe que você tem muitas opções, algumas até melhores. Sendo assim, o que ela menos deseja é que você continue sua busca e seja exposto a outras ofertas. Diante disso, uma estratégia decisiva para conseguir o melhor preço é ameaçar desistir do negócio. Não precisa ir embora da loja, basta dizer que vai avaliar a proposta e pesquisar outros preços. Isso será suficiente para que o vendedor te faça uma proposta final (se ainda houver margem para negociação).

 

E aí, gostou das nossas dicas? Não se esqueça que você não precisa ser um mestre de negociação para obter o melhor preço. Basta ter paciência e se lembrar que o poder está com você. Até a próxima!

]]>

Deixe seu comentário aqui

Seu enderço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *