É hora de comprar dólar, a moeda caiu 11,09% em junho

dolarPixabay

dolarPixabayAtendendo a pedidos dos brasileiros que pretendem viajar ao exterior nas férias de julho, o dólar fechou junho em R$ 3,2105, ou seja, com uma queda de 11,09% no mês. Nos últimos 12 meses, o dólar subiu, caiu, andou de lado e, um ano depois, voltou ao mesmo patamar que estava em julho de 2015. Mas o que será que isso significa? É hora de comprar a moeda? Antes de tudo, vale lembrar aqui que estamos falando do dólar comercial. O dólar para turista, em geral, é vendido de 10 a 15 centavos mais caro do que o de negócios. Vamos às opiniões: Para a FB Capital, é hora de comprar. O diretor da assessoria de câmbio Fernando Bergallo afirma que, apesar de a queda da moeda ter fundamento (o mercado acredita, por exemplo, que vá haver novos fluxos positivos de dólar no país), não há garantia de que a cotação continue neste patamar. “O momento é oportuno e não tem motivo para esperar mais”, disse o especialista.

Dolar

Infográfico: Estadão

Para o analista sênior de câmbio da FN Capital, Caio Esteves, há espaço para mais queda, uma vez que o novo presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, tem defendido um câmbio flutuante e o mercado se animou acreditando numa maior independência da autoridade monetária. O especialista acha que a moeda vai recuar até R$ 3,20.

É hora de comprar?

Diante dessas opiniões, se vai viajar já agora em julho, o ideal é que aproveite o momento, compre pelo menos boa parte do que pretende gastar e garanta a cotação baixa. Mas atenção! Após comprar, não olhe para trás: ou seja, não fique acompanhando a cotação dia após dia e se arrependendo se o dólar cair ainda mais.
Se vai viajar no fim do ano, já comece a parcelar as compras. O ideal é que estime quanto quer gastar e divida o valor em três ou quatro vezes. Feito isso, você pode se programar para fechar compras mensais ou semanais. Com este planejamento, especialistas dizem que, na média, o cliente consegue pagar uma cotação mais barata do que se tentasse acertar o dia correto em que em o dólar estivesse mais barato.
Outra dica: pesquise preços. Além do site do Banco Central, que fornece um histórico das taxas praticadas em todas as casas de câmbio, você pode recorrer a startups como a Melhor Câmbio para encontrar o local que está com a menor cotação.
Gostou das dicas? Compartilhe ou comente o post. Veja também para onde é possível viajar sozinho gastando pouco.
banner-GB-2
Leia também:
– Compare 6 opções de empréstimo pessoal online
 As 4 melhores planilhas de gastos pessoais para o seu dinheiro
 Planilha de gastos no Excel ou controle financeiro online?
 Planilha de gastos mensais: como fazer?
]]>

One Comment

  1. Dica valiosa! Esse é o momento de poder economizar mais pra frente.

Deixe seu comentário aqui

Seu enderço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *