Empréstimo com garantia de imóvel vale a pena?

Giving house keys

banner-GB
Holding house keys on house shaped keychain in front of a new home
Com os empréstimos bancários rareando e os juros cada vez mais altos, uma nova modalidade de crédito tem sido muito procurada: o empréstimo com garantia de imóvel.
Pouco praticada no mercado, mas incentivada pelas instituições financeiras em tempos de crise econômica, esse tipo de crédito oferece juros mais atrativos e tem sido a escolha de pequenos e médios empresários na hora de saldar suas dívidas.
Você pode usar esse tipo de crédito para pagar dívidas, empreender ou comprar um segundo imóvel. Se o seu objetivo é financiar cursos no exterior ou os estudos dos filhos, veja outras formas de empréstimo onde o risco é menor.

Como funciona o empréstimo com garantia de imóvel?

Essa é uma espécie de empréstimo no qual o seu imóvel próprio é dado como garantia da dívida contraída. A partir do momento em que você assina o contrato desse tipo de crédito, estará transferindo o imóvel para a instituição financeira credora e, no caso de não pagar, a instituição pode tomar o seu imóvel.
É permitido financiar até 70% do valor da avaliação do imóvel. Os prazos podem variar de 10 a 30 anos com juros de até 2%. Os juros, a taxa de avaliação e prazos variam de acordo com o banco, portanto, pesquise bem antes de decidir. E lembre-se de reservar um valor para os custos com o cartório.

Quais os benefícios?

Nessa modalidade, você encontra juros baixos, prazos e quantias financiadas maiores e parcelas fixas até o fim do contrato. Se você tem muitas dívidas no momento e precisa de um valor maior, pode ser mais vantajoso trocá-las por uma única dívida. Dessa forma você limpa o seu nome e tem mais chances de se reorganizar.
A variedade de instituições que disponibilizam esse tipo de empréstimo é grande e os bancos têm se empenhado em atender à crescente demanda. O melhor é que após a análise de crédito, a liberação do dinheiro na conta pode ocorrer em até 48 horas.
Além disso tudo, os pagamentos são bem flexíveis: você pode pagar as parcelas antecipadamente, ou – se puder – quitar o saldo devedor antes do prazo estipulado.

Quais os riscos?

Caso haja atraso nas parcelas por mais de 1 mês, seu imóvel corre o risco de alienação – isto é, o banco credor pode pedir a posse do bem em cartório e levá-lo a leilão sem precisar recorrer à via judicial.
Se o valor financiado for maior do que o necessário para o seu objetivo, você pode acabar contraindo uma dívida maior por mais tempo e comprometendo ainda mais a sua renda.
No caso de inadimplência, você corre o risco de perder o imóvel. O fato do imóvel próprio ser o único bem da pessoa, quando feita de forma voluntária e especificamente para esse fim, é uma operação legal.
Agora que você já sabe se vale a pena fazer um empréstimo com garantia de imóvel, faça uma análise dos seus gastos e planeje para que as parcelas não comprometam a sua renda mensal. Se atrasar algumas parcelas, entre imediatamente em contato com o banco e tente renegociá-las, assim você evita maiores preocupações.
Caso não tenha um imóvel, outra boa saída para conseguir taxas de juros baixas é o empréstimo online. Já ouviu falar?
Espero que o nosso artigo tenha ajudado você. Se deseja compartilhar seu conhecimento sobre o assunto ou possui alguma dúvida, deixe o seu comentário na nossa página! Está pensando em pegar um empréstimo com garantia de imóvel?
banner-GB-2
Leia também:
– Compare 5 opções de empréstimo pessoal online
 As 4 melhores planilhas de gastos pessoais para o seu dinheiro
 Planilha de gastos no Excel ou controle financeiro online?
 Planilha de gastos mensais: como fazer?
]]>

Deixe seu comentário aqui

Seu enderço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *