Compras em lugares mais baratos para reduzir as dívidas

reducao-de-dividas-2

Não se iluda, para conseguir redução de dívidas toda economia vale a pena. Se você precisa comprar vários itens para casa, por exemplo, os atacadões costumam oferecer o melhor preço, basicamente por duas razões: por comprarem em muita quantidade podem revender a preços menores, garantindo o lucro no volume de vendas. Além disso, o fato de normalmente serem mais afastados da cidade também influencia na queda do preço, já que eles precisam atrair o consumidor e garantir uma venda grande.
Pelo mesmo motivo, os hipermercados também costumam ter preços melhores e mais variedades de produtos, então se não há um atacadão na sua região, eles devem ser a sua escolha. A variedade de produtos permite que você tenha opções para trocar para marcas que tenham qualidade semelhante, mas preço mais compatível para a redução de dívidas. A seguir vêm os supermercados de bairro, que costumam ser a terceira opção quando a ordem é conseguir preços mais baratos. Lembre-se: evite aquele mercadinho tão simpático ao lado da sua casa, com certeza os preços de lá não compensam a simpatia.
De qualquer forma, a pesquisa é sempre a sua melhor arma, e você pode fazê-la de duas formas. Uma é pelos encartes de promoções. Por exemplo, os supermercados costumam fazer “quarta-feira da carne” ou “terça-feira das hortaliças”, quando estes produtos entram em promoção. Olho nos encartes e descubra onde está havendo a promoção do que você precisa.
E sabe aquele papo de devolver a diferença de você encontrar o mesmo produto mais barato no concorrente? Pois é pura verdade. Há pessoas que chegam a economizar mais de R$200 nas compras de mês apresentando os jornais com as ofertas no caixa.

Outra forma de pesquisar é através da internet, onde há vários sites que promovem a comparação de preços, como o Proteste, por exemplo. Aí você já sai de casa sabendo aonde ir para economizar. Deixe isso tornar-se uma prática no seu dia-a-dia e logo, logo você sentirá a economia no bolso.]]>

Deixe seu comentário aqui

Seu enderço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *