O que você precisa saber para começar a investir?

investimento-seguro-1

Investir em ações parece ser um bicho de sete cabeças: mas não é. Assim como tudo o que gira em torno de investimentos, o mercado de ações exige um certo conhecimento prévio. Este você pode adquirir informando-se aqui.


Em primeiro lugar, se seu alvo é o investimento em ações, é preciso saber o que são elas. Uma ação é uma fatia de uma empresa: adquirindo-a, você será um sócio acionista. Isto significa que o investidor tem direto à participação nos lucros, mas também nos prejuízos desta empresa. Se a empresa vai bem, o valor das ações sobe, se vai mal, logicamente, o valor diminui, ou seja, a flutuação está sempre relacionada ao desempenho da companhia.

Através da análise das planilhas de gastos das empresas, é possível prever o desempenho das ações. Esta pode não ser uma tarefa fácil, mas você conta com cursos de análises gráficas que ajudam a entender uma planilha de gastos, caso você esteja realmente interessado neste tipo de investimento.

Existem alguns tipos diferentes de investimentos em ações: você pode investir individualmente, em clubes ou fundos de investimentos. No primeiro caso, o investidor vai até uma corretora e escolhe, com a ajuda dos experts, quais ações deseja adquirir. O clube de investimentos é formado por um grupo de pessoas físicas. Um representante fica responsável pelo contato entre corretora e demais acionistas. Os fundos de investimento são administrados por uma corretora, um banco ou por gestores independentes: o investidor compra apenas um lote.


Outro fator essencial a ser considerado antes de investir é o tempo: existem momentos propícios e impropícios para comprar ou vender. A variação das cotas pode ser muito grande, dentro de pequenos períodos.

]]>

Deixe seu comentário aqui

Seu enderço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *